Drenar-GDF-300x250-GIF
Programa oferece até R$ 21 mil de crédito para empreendedores negros
Governo lança programa para reduzir filas no sistema de saúde
UNE quer construir agenda com reivindicações ao governo federal
Anvisa fará webinar sobre novas regras de reprodução humana assistida
Mercado financeiro eleva projeção da inflação de 5,74% para 5,78%

Programa visa resgatar e dar assistência a animais silvestres

Resgatar e dar assistência aos animais silvestres. Esses são alguns dos objetivos do Programa Nacional de Resgate de Fauna Silvestre, criado pelo Ministério do Meio Ambiente.

O Resgate + vai implementar medidas de afugentamento, resgate, atendimento e assistência de animais silvestres em situação de risco e vulnerabilidade nos seis biomas do país. A portaria com a criação deste programa foi publicada nesta semana, no Diário Oficial da União.

Olivaldi Azevedo, secretário adjunto de Biodiversidade do Ministério, explicou em quais situações consideradas de risco o programa deve atuar para dar assistência a esses animais.

O programa será coordenado pela Secretaria de Biodiversidade do MMA, que vai se articular e fazer parcerias com outros órgãos governamentais, o setor privado e a sociedade civil, para dar apoio nas ações, na implementação dos seus objetivos e no estabelecimento de regramento próprio relativo aos prazos e condições do projeto. 

Olivaldi explica que a primeira iniciativa do programa já deve acontecer nas próximas semanas com a criação de um hospital de campanha.

O Regaste + prevê, ainda, ações de capacitação, educação e cidadania ambiental; e elaboração de planos de pronta resposta a desastres e acidentes que afetem a fauna silvestre, além da celebração de acordos e parcerias para a operacionalização de atividades

Meio Ambiente Brasília 08/10/2021 – 12:13 Sâmia Mendes/Edgard Matsuki Beatriz Albuquerque – Repórter da Rádio Nacional Resgate Animais Silvestres sexta-feira, 8 Outubro, 2021 – 12:13 1:55
Fonte: Agencia Brasil

Compartilhe este conteúdo!

Facebook
Twitter
WhatsApp
Email

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *