Drenar-GDF-300x250-GIF
Programa oferece até R$ 21 mil de crédito para empreendedores negros
Governo lança programa para reduzir filas no sistema de saúde
UNE quer construir agenda com reivindicações ao governo federal
Anvisa fará webinar sobre novas regras de reprodução humana assistida
Mercado financeiro eleva projeção da inflação de 5,74% para 5,78%

Policia prende irmãos suspeitos de desviar R$ 13 milhões pelo Pix em SP

ALFREDO HENRIQUE
SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) – Dois irmãos foram presos suspeitos de desviar cerca de R$ 13 milhões com transações comerciais fraudulentas, segundo a polícia, feitas por meio de transferências bancárias via Pix. As principais vítimas deles, segundo a polícia, são bancos digitais. As detenções ocorreram quinta-feira (9), em condomínios de luxo em Sorocaba (99 km de SP) e Salto (101 km de SP).

A falta de segurança para as transações de dinheiro instantâneas fez o Banco Central mudar algumas medidas para evitar crimes, como limites de transferências para o período noturno. Delegados temem que a criminalidade possa aumentar com a facilidade deste tipo de operação bancária.

Segundo o Deic (Departamento Estadual de Investigações Criminais), para aplicar os golpes os suspeitos faziam compras, usando máquinas de débito.

A investigação aponta que, durante as transações bancárias, a dupla fazia o estorno de quantias, conseguindo com isso dobrar os valores do golpe. A polícia não deu mais detalhes sobre como o esquema criminoso era feito.

Desde o início do ano, policiais da 6ª Delegacia do Patrimônio, que investiga facções criminosas, monitoram as atividades dos irmãos – que não tiveram a identidade informada e cujas defesas também não foram localizadas.

Com base nos indícios levantados pelo departamento policial, desde janeiro, a Justiça expediu dois mandados de busca e apreensão, cumpridos na manhã de quinta na casa dos suspeitos, ambas em condomínios de luxo no interior paulista. Nas residências, policiais apreenderam documentação sobre o esquema, além de dois carros de luxo.

Os dois irmãos foram presos e autuados por associação criminosa.

Compartilhe este conteúdo!

Facebook
Twitter
WhatsApp
Email

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *