Drenar-GDF-300x250-GIF
Paraíba será o primeiro estado a pagar o piso nacional da enfermagem
Reservatórios do Túnel de Taguatinga estão concretados
Entidades do setor produtivo fazem ressalva a juros altos
Mortalidade prematura por câncer no Brasil deve cair até 2030
Prato Cheio libera mais de R$ 21,2 milhões em parcela de fevereiro

Novo rico do futebol, Newcastle pode gastar até 1,5 bilhão de reais na próxima janela, informa jornal

Lance

Lance Lance

Recém-comprado pelo Fundo de Investimento Público da Arábia Saudita (PIS), o Newcastle United pode fazer um grande investimento já na próxima janela de transferências, em janeiro. Segundo o jornal ‘Chronicle’, a equipe inglesa pode investir um total de 205 milhões de libras (R$ 1,5 bilhão) no mercado da bola.

Veja a tabela do Inglês

Kieran Maguire, professor de finanças do esporte na Universidade de Liverpool, em matéria publicada pelo jornal ‘Chronicle’, afirmou que os curtos gastos do Newcastle nas últimas três temporadas permitem que o clube inglês faça um grande investimento na próxima janela de transferências sem ferir o Fair Play Financeiro.

+ Sportswashing e violação aos direitos humanos: entenda a compra do Newcastle pelo governo saudita

O Newcastle anunciou, nesta segunda-feira, Amanda Staveley e Mehrdad Ghodoussi, novos executivos do clube. Casados, os dois tem negócios vinculados à países do Oriente Médio, como a Arábia Saudita, que comandará o time.

+ Web repercute compra do Newcastle com enxurrada de memes; veja os melhores

Em 2008, Amanda participou da operação de compra do Manchester City pelo Sheikh Mansour, dos Emirados Árabes Unidos.

+ Após ser comprado, Newcastle busca contratação de Philippe Coutinho e mais dois reforços de peso

– O Newcastle United merece estar à frente da Premier League. Queremos chegar lá. Levará tempo, mas chegaremos lá – disse Amanda em entrevista à SkySports.

Fonte: R7 – Esportes

Compartilhe este conteúdo!

Facebook
Twitter
WhatsApp
Email

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *