Petrobras: preço do querosene de aviação cai 0,84% a partir de sábado
Drones ajudarão na fiscalização contra crimes eleitorais no DF
Taxa média de juros cai em agosto, mas segue tendência de alta
Dia Mundial do Coração
Distrito Federal suspende aulas na próxima sexta-feira

Nada de festa. Decepção na volta de Willian. Timão empata com o fraco América 1 a 1

Não adiantou a estreia de Willian. O América conseguiu travar o Corinthians

Não adiantou a estreia de Willian. O América conseguiu travar o Corinthians Ettore Chiereguini/Agif/Estadão Conteúdo – 19.09.2021

São Paulo, Brasil

O Corinthians tinha planejado festejar o primeiro jogo do retorno de Willian ao Parque São Jorge. Afinal, seria completado o ‘quarteto mágico’, com Giuliano, Renato Augusto e Roger Guedes. Em pleno estádio corintiano, em Itaquera.

O América Mineiro não deveria ser um adversário a ser temido. Longe disso, o clube estava mergulhado na zona de rebaixamento, com o orçamento comprometido, com elenco muito mais modesto do que Sylvinho tem nas mãos.

Só que o treinador do América Mineiro é Vagner Mancini, demitido para que Sylvinho assumisse. E ele conhece muito o elenco corintiano. 

E tratou de explorar as intermediárias, sabia da lentidão do Corinthians. Usou com inteligência as laterais. Primeiro travando a direita, onde Fagner está acostumado a ser ponta direita, o desafogo corintiano. E a esquerda, explorando o setor de Fábio Santos, que segue em péssima fase defensiva, marcando muito mal.

O resultado foi um frustrante 1 a 1, com direito ao primeiro gol de Giuliano no Corinthians. Mas Marlon havia marcado antes.

Por coincidência, pela movimentação mais ofensiva, Giuliano teve pelo três oportunidades reais de marcar e desperdiçou todas. Matheus Cavichioli fez pelo menos duas defesas sensacionais. 

Willian, Renato Augusto, Roger Guedes e Giuliano mostraram talento com a bola nos pés. Mas Sylvinho precisa corrigir um erro gravíssimo. O Corinthians com esse quarteto marca mal demais. O Corinthians ofereceu muito espaço para contragolpes do América. Se a equipe mineira tivesse um pouco mais de talento poderia ter até vencido o jogo.

O Corinthians travou na sexta colocação, com 30 pontos. O América segue na zona do rebaixamento, na 17ª colocação, com 22 pontos.

“Muito feliz por voltar. Prazer imenso poder voltar. Passei muitos anos treinando aqui com outros amigos, pessoas do clube que estão até hoje no clube e tenho um carinho muito grande.

“Sobre o jogo, é claro que queríamos a vitória, sem dúvida nenhuma. Depois de quatro meses, claro que ainda preciso de ritmo de jogo, mas isso vai chegar com as semanas”, garantiu Willian.

Compartilhe este conteúdo!

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.