Inflação para famílias de renda mais baixa cai 0,60%
IPCA tem deflação de 0,68% em julho, menor taxa da série histórica
Anvisa proíbe uso do fungicida carbendazim em produtos agrotóxicos
Caminhoneiros recebem auxílio com parcela dobrada
Estudo mostra alta da pobreza em regiões metropolitanas

Luís Castro explica alterações no Botafogo e elogia Romildo: ‘Jogador fantástico’

Lance

Lance Lance

O Botafogo conquistou a primeira vitória no Campeonato Brasileiro ao derrotar o Ceará por 3 a 1 na noite deste domingo na Arena Castelão. Luís Castro promoveu algumas alterações para chegar ao resultado positivo: a principal foi a entrada de Daniel Borges, lateral-direito de origem, no lado esquerdo.

+ Amuleto em título e motivo de briga com rival: quem é Biriba, mascote do Botafogo que ‘viralizou’ na internet

O treinador explicou a decisão após a partida, em entrevista coletiva. O motivo foi pensando nos ataques laterais do Ceará, uma das principais alternativas ofensivas do Vozão.

+ VEJA A TABELA DO BRASILEIRÃO

– Daniel é um jogador de corredor, muitas vezes as linhas jogam a três, a cinco (defensores), os jogadores precisam se adaptar a qualquer posição da linha. O Kanu é um zagueiro destro que sempre joga no lado esquerdo, então por que o Daniel não pode jogar por lá? O lateral pode jogar tanto na direita quanto na esquerda. O Lima é um jogador que corta muito para dentro e nisso ele caía para o pé direito do lateral. O Daniel fez a função por completo – explicou.

A pressão foi grande em cima do Botafogo nos últimos 15 minutos do primeiro tempo. Luís Castro colocou Romildo ainda no começo da etapa complementar e a equipe melhorou, marcando os dois gols da vitória logo depois. O camisa 23 foi alvo de elogios.

– A entrada do Romildo foi porque nós tínhamos que buscar espaços e o Romildo é um jogador fantástico para isso. A partir do momento que o Ceará ia se lançar à procura do empate iria ceder mais espaços. Nós entendemos que ele era o jogador ideal para ocupar esses espaços à frente da nossa linha média. Mas sabe… quando se ganha todas as substituições do treinador são boas, mas se eu tivesse perdido por 3 a 0 seria burro. Em todo mundo é assim (risos) – completou o português.

Fonte: R7 – Esportes

Compartilhe este conteúdo!

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.