Fies: pré-selecionados devem enviar informações até esta sexta-feira
Pesquisa aponta redução de 404 mil trabalhadores no comércio em 2020
Pesquisa delineia possibilidades para um segundo turno no DF
Caso seja reeleito, Ibaneis pretende manter modelo do Iges-DF
Movimentação de cargas cresce 2,3% no trimestre no Porto de Santos

Estado do RJ tem 43 casos suspeitos de Ômicron sob investigação

Rio de Janeiro informa que há 43 casos suspeitos de infecção pela variante Ômicron

Rio de Janeiro informa que há 43 casos suspeitos de infecção pela variante Ômicron Reprodução/Prefeitura do Rio

O estado do Rio de Janeiro informou que há 43 casos suspeitos de infecção de Covid-19 pela variante Ômicron sob investigação em nove municípios fluminenses.

A Subsecretaria de Vigilância e Atenção Primária à Saúde iniciou na sexta-feira (24), a apuração sobre a variante dos casos suspeitos nos municípios do Rio de Janeiro (28 suspeitos), Angra dos Reis (4 suspeitos), Cabo Frio (1 suspeito), Macaé (2 suspeitos), Nilópolis (1 suspeito), Niterói (2 suspeitos), São Gonçalo (1 suspeito), Saquarema (1 suspeito) e Volta Redonda (3 suspeitos).

Segundo a Secretaria de Estado de Saúde do Rio de Janeiro, a pasta foi comunicada pela Rede Dasa-RJ sobre os exames de RT-PCRs para Covid-19 com indicativo da presença da variante Ômicron. As amostras foram coletadas entre os dias 1º e 20 de dezembro.

“A secretaria ressalta que não se trata de casos confirmados da variante Ômicron, uma vez que este tipo de análise empregada nos exames serve como método de triagem. As amostras serão sequenciadas pela Dasa e os resultados sairão nas próximas semanas”, informou a secretaria, em nota.

A Secretaria de Saúde declarou ainda que entrou em contato com as vigilâncias dos municípios citados para que possam realizar a investigação e acompanhamento dos pacientes e demais pessoas com quem tiveram contato.

“Para aqueles pacientes em que ainda for possível realizar PCR, equipes das vigilâncias municipais vão coletar o exame para encaminhar ao Laboratório Central de Saúde Publica Noel Nutels (Lacen RJ). Os casos positivos seguirão para sequenciamento no laboratório de referência da Fiocruz”, acrescentou a nota.

Fonte: R7 – Saúde

Compartilhe este conteúdo!

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Últimas Notícias:

vacina