Drenar-GDF-300x250-GIF
Programa oferece até R$ 21 mil de crédito para empreendedores negros
Governo lança programa para reduzir filas no sistema de saúde
UNE quer construir agenda com reivindicações ao governo federal
Anvisa fará webinar sobre novas regras de reprodução humana assistida
Mercado financeiro eleva projeção da inflação de 5,74% para 5,78%

‘Enquanto governo comemora mil dias, povo amarga na miséria’, diz Sâmia Bomfim

“Enquanto a Secom comemora os 1000 dias de governo Bolsonaro, o povo amarga em desemprego, dívidas, fome, miséria, luto pelas vítimas evitáveis da pandemia. Daremos uma resposta dia 2 de outubro, nas ruas de todo o Brasil: impeachment já”, disse a deputada federal Sâmia Bomfim (PSOL-SP), em publicação no Twitter

A parlamentar fez referência sobre os mil dias do governo Jair Bolsonaro, comemorados nesta segunda-feira (27) com 41 publicações na rede social da Secretaria de Comunicação (Secom) divulgando ações do governo federal durante o período.

Violações

A Anistia Internacional apontou 32 violações de direitos humanos ligadas ao governo Jair Bolsonaro. Em relatório intitulado “1000 dias sem direitos – As violações do governo Bolsonaro”, a entidade detalha os impactos de diferentes condutas e atos do chefe do Executivo envolvendo questões como a gestão da pandemia, os ataques à imprensa, as ameaças ao Estado de Direito e violações de direitos de povos indígenas e comunidades tradicionais.

Compartilhe este conteúdo!

Facebook
Twitter
WhatsApp
Email

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *