Aberto prazo para comprovar informações do Prouni
Movimentação de cargas portuárias cai 3,3% no primeiro semestre
Atividade econômica tem alta de 0,69%, em junho
Petrobras anuncia redução de R$ 0,18 na gasolina para distribuidoras
Começa o prazo para declarar imposto sobre propriedade rural

Decisão que gera crise na Receita partiu de Guedes, diz Bolsonaro

O presidente da República, Jair Bolsonaro, fala à imprensa no Palácio da Alvorada

O presidente da República, Jair Bolsonaro, fala à imprensa no Palácio da Alvorada Antonio Cruz/Agência Brasil – 24.12.2021

O presidente Jair Bolsonaro afirmou que foi o ministro da Economia, Paulo Guedes, quem decidiu não conceder o bônus de eficiência a servidores da Receita Federal. Em razão do comportamento rígido do governo em relação aos profissionais do fisco, o órgão já registra 625 pedidos de exoneração de cargos de confiança. Além disso, uma greve na Receita pode travar os trabalhos de fiscalização neste fim de ano.

Para Bolsonaro, o valor total da concessão do bônus de eficiência geraria um custo de R$ 200 milhões, cumpriria uma previsão legal e não haveria motivos para negar a solicitação. Questionado sobre as renúncias e a eventual greve na Receita, o presidente destacou que a decisão foi de Paulo Guedes.

“Isso aí eu vou conversar com o Paulo Guedes de novo. Eles queriam a regulamentação de um bônus de produtividade. Custava nada. Custava R$ 200 e poucos milhões. E a Economia que resolveu não ceder”, disse o presidente.

O chefe do Executivo destacou que o pedido não se trata de uma reestruturação e que o tema ainda será alvo de conversas. “Da minha parte eu teria cedido, porque não é restruturação, não é nada. É o cumprimento de um requisito legal. Não precisa ser tão rígido desta maneira. Aqui não é uma empresa. A gente não quer estourar teto, não quer fazer nenhuma estripulia, mas não custava nada atender”, completou Bolsonaro.

Fonte: R7 – Brasília

Compartilhe este conteúdo!

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.