Brasília se enche de branco e dourado para anunciar 2023
Cerca de 30% da população estavam em situação de pobreza em 2021
Saúde Após dois anos de covid, um em cada quatro jovens não estuda
Após dois meses de queda, indústria cresce 0,3%, revela IBGE
Bloqueio no orçamento das universidades federais é suspenso

Chris Brown é acusado de estupro e processado de mais de 100 milhões de reais

Uma dançarina acusa o cantor de tê la violentado em 2020

Chris Brown está novamente envolvido em uma polêmica relacionada à violência contra mulher. Dessa vez, o cantor está sendo acusado de estuprar e drogar a dançarina, coreógrafa e modelo Jane Doe. Segundo o TMZ, o a vítima alegou ter sido violentada em um iate estacionado em Star Island, Miami, nos Estados Unidos, em 2020 e está processando o artista em 20 milhões de dólares em danos, o que dá mais de 100 milhões de reais.

Segundo o processo, obtido pelo veículo, a mulher afirma que eles teriam começado a conversar e Chris a ofereceu um copo vermelho com uma bebida mista. Depois da segunda dose, a dançarina contou que começou a sentir uma mudança repentina e inexplicável na consciência. Além disso, também se sentiu desorientada, fisicamente instável e começou a dormir e a dormir.

Nos documentos, consta que o cantor teria então levado a mulher para o quarto, fechado a porta para a impedir de sair e começado a tirar a parte de baixo do biquíni e a beijá-la. A modelo diz que murmurou para Chris parar, mas ele insistiu e a estuprou. Por fim, o artista teria enviado uma mensagem para ela no dia seguinte exigindo que tomasse uma pílula do dia seguinte. 

Os advogados da vítima, Ariel Mitchell e George Vrabeck, disseram ao TMZ que a cliente não denunciou o suposto estupro aos policiais na época porque era estudante de medicina e estava envergonhada. 

Fonte: R7 – Pop

Compartilhe este conteúdo!

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *