Brasil bate Suíça e se classifica para as oitavas da Copa do Catar
Amanhã será ponto facultativo nos órgãos federais sediados em Brasília
Índices de confiança do comércio e serviços caem em novembro
Termina hoje prazo para mesário justificar ausência no segundo turno
IGP-M registra queda de preços de 0,56% em novembro, diz FGV

Avião com cinco pessoas cai na fazenda do ex-piloto Nelson Piquet

Avião cai na fazenda do ex-piloto Nelson Piquet

Avião cai na fazenda do ex-piloto Nelson Piquet Arte/R7

Um avião com cinco pessoas caiu nesta segunda-feira (31) na fazenda do ex-piloto Nelson Piquet, na região do Jardim Botânico, no Distrito Federal. Três homens, uma mulher e um bebê de 2 meses estavam no avião. 

Os passageiros e o piloto foram resgatados com vida. Segundo informações obtidas pelo R7, eles estariam voltando da Bahia, e seriam amigos de Geraldo Piquet, irmão de Nelson Piquet. Por precaução, a mãe e a criança foram para uma unidade de saúde por meios próprios.

O condutor da aeronave teria relatado ao Corpo de Bombeiros que o avião foi atingido por uma rajada de vento no momento do pouso. O avião caiu a poucos metros da pista de pouso que existe no local.

“O trabalho dos bombeiros consistiu em prevenção, para prevenir o vazamento de combustível que ocorreu com a queda. Nós ficamos de prontidão, mas não houve problemas com o vazamento”, detalhou o sargento Júlio Brito em entrevista ao Balanço Geral, da TV Record. “É algo inexplicável o avião sofrer um estrago dessa forma e as pessoas saírem ilesas”, comentou.

O monomotor modelo TBM700N está registrado como propriedade de Renato Joner, mas alienado ao Banco Safra, e não tinha autorização para fazer táxi aéreo, segundo informações da Anac (Agência Nacional de Aviação Civil). 

Fabricado em 2010, a aeronave estava registrada na categoria para serviços aéreos privados e tinha autorização para fazer voos noturnos. O Cenipa (Centro de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos) foi acionado para investigar as causas do acidente.

Em 2011, o órgão relatou a investigação de outro acidente no local que aconteceu em julho de 2010. Na ocasião, durante o pouso na pista, a aeronave tocou bruscamente o solo com o trem de pouso auxiliar. O piloto já havia pousado outras vezes na pista, que tem dimensões de 700x35m². A aeronave teve danos graves, mas o piloto e o passageiro também saíram ilesos.

Fonte: R7 – Brasília

Compartilhe este conteúdo!

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *