Uerj abre inscrições para o vestibular
Venda de veículos tem alta de 19,33% em setembro, diz Fenabrave
Hospital de Ceilândia vai ganhar reforma de R$ 11 milhões
Brasília recebe torneio internacional de tênis a partir desta sexta (7)
Governo reformou e construiu mais de 200 praças no Distrito Federal

Athletico-PR vence Peñarol fora na partida de ida da Sul-Americana

Pedro Rocha marcou o gol da vitória do Furacão

Pedro Rocha marcou o gol da vitória do Furacão Divulgação/Conmebol

Em pleno estádio Campeón Del Siglo, em Montevidéu, o Athletico-PR venceu o Peñarol pelo placar de 2 a 1, na noite desta quinta-feira (23), e larga na frente no confronto de ida da semifinal da Copa Sul-Americana.

O triunfo do Furacão começou a ser construído logo no início da partida com um golaço de bicicleta de Terans. Mas Álvaro Martínez conseguiu igualar o placar ainda no primeiro tempo. O gol da vitória do time paranaense saiu no segundo tempo com Pedro Rocha. Agora, o Athletico-PR joga pelo empate na volta para garantir vaga na final. O Peñarol precisa ganhar de dois gols ou mais para ir à final.

A partida entre Peñarol e Athletico-PR mal tinha começado e o Terans (Lei do Ex) conseguiu abrir o placar. Após cruzamento de Nikão, Bissoli desviou de cabeça, Terans acertou uma bicicleta linda e marcou um golaço relâmpago para inaugurar o marcador: 1 a 0, com 1 minuto de jogo.

Após o baque do gol logo no início da partida, o Peñarol, aos 5 minutos, conseguiu se organizar e tentou responder, mas o chute de Canobbio foi defendido pelo goleiro Santos, do Furacão, sem maiores dificuldades.

Mas se o chute da equipe uruguaia foi sem muito perigo, a oportunidade do Furacão minutos depois quase se transformou no segundo gol. David Terans recebeu o passe e finalizou, a bola passou pelo goleiro Dawson, só que Carlos Rodriguez estava esperto e conseguiu salvar.

O susto do quase segundo gol fez o Peñarol acordar e crescer na partida. O time uruguaio conseguiu criar boas oportunidades, mas o goleiro Santos e a zaga do Furacão conseguiram evitar que os Carboneros empatassem até os 20 minutos da etapa inicial.

Mas foi só mesmo até os 20. Aos 21, Facundo Torres cruza a bola na área, a defesa do Athletico-PR não foi competente o suficiente para cortar. Álvaro Martínez aproveitou e conseguiu esticar a perna para finalizar para dentro do gol: 1 a 1.

Após o gol de empate, o Peñarol fez uma pressão gigantesca e conseguiu criar inúmeras chances para empatar, mas o goleiro Santos e os zagueiros do Athletico-PR fizeram de tudo e mais um pouco para evitar que os Carboneros fossem para o intervalo em vantagem.

Os Carboneros voltaram do intervalo pressionando e tiveram mais algumas chances para virar o jogo, mas Santos e a defesa do Athletico-PR seguraram firme a pressão e evitaram que Carlos Rodriguez, Álvaro Martinez e Canobbio marcassem o segundo gol do Peñarol.

Após segurar a pressão, o Athletico-PR foi melhorando com o passar do tempo, passou a pressionar o time do Carbonero e foi ganhando terreno até conseguir achar o segundo gol.

Nikão bate falta em direção a área, a defesa do Peñarol afastou parcialmente o perigo. Pedro Rocha aproveitou o rebote e soltou uma bomba da entrada da área para marcar um golaço e fazer o Athletico-PR passar à frente outra vez: 2 a 1.

O final do jogo foi bem franco e com os dois times criando oportunidades de gol. Das chances criadas, a mais clara foi do Peñarol nos acréscimos. Após belo arremate de Álvaro Martinez, Santos fez um milagre e garantiu o triunfo do Furacão.

Confira os jogadores mais bem pagos do mundo em 2021

Compartilhe este conteúdo!

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.