Renovação na CLDF chega a 50% dos distritais e há um novo campeão de votos
BRB PRORROGA INSCRIÇÕES PARA CONCURSO PÚBLICO
Incerteza da Economia cai 4,9 pontos em setembro, aponta Ibre/FGV
O Prêmio CNT de Jornalismo 2022 já tem os seus 30 finalistas!
Transplante de fígado passa a integrar lista da ANS

Arão cita ‘caldeirão’ que o Flamengo irá encarar no Chile e vento ao falar de experiência na Libertadores

Lance

Lance Lance

No Chile, o Flamengo terá a missão de enfrentar a Universidad Católica, às 19h (de Brasília) desta quinta-feira, pela terceira rodada do Grupo H da Libertadores, e defender uma invencibilidade histórica como visitante no torneio. E Willian Arão, que já enfrentou o time chileno no Estádio San Carlos de Apoquindo em 2017, alertou para o “caldeirão” que o Fla irá se deparar:

– Obviamente, são dois times e momentos completamente diferentes. Dá para lembrar que é um caldeirão, muito difícil jogar lá, historicamente. Que eu me lembre, fizemos uma boa partida, mas levamos um gol de bola parada, marcado pelo Santiago Silva (1×0). O que a gente espera é mais uma partida difícil e dura de Libertadores, mas temos condições de apresentar um bom futebol lá e sair vencedor – disse o volante, à “FlaTV”, ao lembrar do confronto realizado no Chile pela Libertadores de 2017, em que o time saiu derrotado por 1 a 0, na fase de grupos.

> GALERIA – Veja os projetos de novos estádios dos clubes brasileiros

Atleta mais longevo no elenco do Fla, Arão falou sobre a experiência de jogos na Libertadores, citando fatores que costumam ser empecilhos em jogos da competição continental:

– Ajuda bastante a experiência, conviver com essa situação, conhecer já os estádios, que são diferentes, a maioria venta muito, então modifica também a forma de jogar, os árbitros, a qualidade do gramado… Enfim, tento passar tudo isso para os meus companheiros para que eles se atentem os mais rápido possível, ainda mais nesta fase, que não tem VAR. Como time, temos que estar preparado para qualquer situação.

> Veja a tabela da Libertadores

O camisa 5 também disse o que se espera do jogo desta quinta:

– Mais um jogo difícil, importantíssimo, três pontos já encaminham e nos dão uma tranquilidade muito grande para a sequência da Libertadores. A gente pôde treinar, corrigir algumas coisas e esperamos apresentar um bom futebol, além de fazer os três pontos para encaminhar essa classificação.

Fonte: R7 – Esportes

Compartilhe este conteúdo!

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.