Uerj abre inscrições para o vestibular
Venda de veículos tem alta de 19,33% em setembro, diz Fenabrave
Hospital de Ceilândia vai ganhar reforma de R$ 11 milhões
Brasília recebe torneio internacional de tênis a partir desta sexta (7)
Governo reformou e construiu mais de 200 praças no Distrito Federal

Tite destaca lado criativo de Antony e versatilidade de Edenílson

Antony se destacou na disputa da Olimpíada de Tóquio

Antony se destacou na disputa da Olimpíada de Tóquio Lance

Novidade entre os convocados da seleção brasileira para os três jogos de outubro pelas Eliminatórias da Copa do Mundo, Antony rendeu elogios do técnico Tite. Em entrevista coletiva nesta sexta-feira (24), o comandante afirmou que o jovem abrirá espaço para uma mudança no processo criativo.

“A gente teve uma alteração da forma de atuar no último jogo. A equipe tem mais de dois gols por jogo nas Eliminatórias. Quando você tem Neymar, Jesus, Gabigol, Richarlison, tem jogadores mais agudos. Quando tem jogadores mais armadores, tem mais tabelinha e jogo triangulado. Com uma escalação você opta por uma forma ou outra. Quando você traz Antony, tem jogo combinado, Everton Ribeiro também…”, e ressaltou:

“O que queremos com isso é dar esse equilíbrio para a equipe, para que tenha criatividade sem perder competitividade e resultado. E permanecer com o número de gols que temos feito”, complementou.

Auxiliar-técnico de Tite, César Sampaio apontou como o jogador do Ajax pode contribuir para a seleção.

“O Jardine (técnico em Tóquio) ressaltou a importância dele na fase ofensiva. É um jogador típico brasileiro. Externo, quebra a linha. Sem deixar a parte ofensiva. Vem apresentando no Ajax algo que nos chamou atenção. Como o Tite disse, cada jogo pede que tenhamos uma opção. Ele pode nos ajudar”, disse.

A permanência do volante Edenílson na lista de convocados foi justificada por seu estilo de jogo “moderno”.

“Edenílson volta pelo que vem fazendo ao longo da campanha, do Brasileiro todo. É versátil, moderno, trabalha em duas, três funções. Acompanhamos no Inter e nos trabalhos conosco. Quando observamos em algum período e nos jogos, também nos treinamentos. Em interações, pelo desempenho, enfim, ele se justifica por si só por essa versatilidade, pela qualidade e pelo grande momento que vive”, disse.

Em relação ao atacante Vinicius Júnior, Tite reconheceu a expectativa, mas deixou um alerta: “Tem jogadores que a própria chegada à seleção interfere no aspecto mental. Como é um atleta jovem desenvolvendo o aspecto mental, quanto mais oportunidades, melhor. Não vamos criar expectativa em um jovem. A oscilação é normal e natural. Assim como ele, tantos outros vindos da base. Outro exemplo é o Paquetá, que oscilou. A gente vai construindo uma equipe. Esse momento nosso nos permite oportunizar uma série de atletas”, declarou.

Lenda da NBA tenta vender mansão encalhada e faz desconto milionário

Compartilhe este conteúdo!

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.