Drenar-GDF-300x250-GIF
Construção civil de alto padrão acredita no crescimento do mercado em 2023
DA DESISTÊNCIA DA AÇÃO DE MANDADO DE SEGURANÇA A QUALQUER TEMPO, RECENTE DECISÃO DO STJ
GDF cria grupo de trabalho para modernizar sistemas de gestão de saúde
Fachin prorroga prazo para plano de proteção de indígenas isolados
Estudo encontra dez novas espécies de leguminosas

Suspeito por sequestro de jornalista, ex-presidente da Assembleia de RR é preso

O deputado estadual Jalser Renier (Solidariedade), de Roraima, foi preso preventivamente na Operação Pulitzer II nesta sexta-feira, 1, em Boa Vista. Ele é suspeito de ser o mandante do sequestro do jornalista Romano dos Anjos, em outubro do ano passado.

Renier é ex-presidente da Assembleia Legislativa de Roraima. Ele deixou o cargo em 2020. O deputado estava em seu escritório político quando foi preso.

A ordem de prisão é da juíza convocada Graciete Sotto Mayor Ribeiro, do Tribunal de Justiça de Roraima. A decisão atende a um pedido do Ministério Público do Estado. As investigações da Operação Pulitzer estão sob sigilo.

Em nota, a Promotoria informou que cerca de 70 policiais civis e militares, e agentes do Gaeco (Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado) cumprem 4 mandados de prisão preventiva e 8 mandados de busca e apreensão na capital Boa Vista.

De acordo com o Ministério Público de Roraima, 7 prisões temporárias da primeira fase da investigação foram convertidas em preventivas. A Pulitzer I foi deflagrada em 17 de setembro.

COM A PALAVRA, O DEPUTADO

Até a publicação desta matéria, a reportagem tentou contato com a defesa do deputado, mas sem sucesso. O espaço permanece aberto a manifestações.

Compartilhe este conteúdo!

Facebook
Twitter
WhatsApp
Email

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *