Aberto prazo para comprovar informações do Prouni
Movimentação de cargas portuárias cai 3,3% no primeiro semestre
Atividade econômica tem alta de 0,69%, em junho
Petrobras anuncia redução de R$ 0,18 na gasolina para distribuidoras
Começa o prazo para declarar imposto sobre propriedade rural

Rio vai limitar transporte para Copacabana na virada do ano

Copacabana terá queima de fogos sem shows

Copacabana terá queima de fogos sem shows REUTERS/Ueslei Marcelino

A Prefeitura do Rio anunciou, nesta quinta-feira (23), que mantém o modelo intermediário de Revéillon na cidade. Na estratégia, os locais onde terão queima de fogos não receberão shows, como de costume. 

Serão dez regiões com celebração: Parque Madureira, praia de Copacabana, Igreja da Penha, praia da Bica, na Ilha do Governador, Piscinão de Ramos, praia do Flamengo, Barra da Tijuca, praia de Sepetiba, Recreio e o estádio Moça Bonita, em Bangu.

A administração destacou que seguirá exigindo o comprovante de vacinação em hóteis, bares e restaurantes. “Nós estamos fazendo de tudo para ‘desincentivar’ grandes deslocamentos e aglomerações”, afirmou o prefeito Eduardo Paes.

Em reunião com o Comitê Especial de Enfrentamento à Covid-19, tanto municipal quanto estadual, ele confirmou a realização do Réveillon. Haverá restrições no transporte para evitar a ida de cariocas a Copacabana.

Esquema especial

Os bairros da Barra da Tijuca e Recreio dos Bandeirantes terão, ao todo, nove pontos de fogos. Já no Flamengo, haverá um esquema de três balsas para os 12 minutos de fogos.

Para a tradicional queima de fogos em Copacabana, serão dez balsas e 25 torres de som para os 16 minutos de celebração. Haverá um controle de acesso especial ao bairro, com limitações no transporte via ônibus, vans e metrô. 

Rio tem 80% da população com esquema vacinal completo

Quiosques não terão festas, diz Paes

Quiosques não terão festas, diz Paes Reprodução/Prefeitura do Rio

As autoridades comentaram ações de cercamento dos espaços públicos nas praias. “Não está liberada a realização de ‘festinhas’ em quiosques das praias […]. Não comprem ingressos!”, afirmou Paes. “Em hipótese alguma será tolerado cercadinho na calçada”, completou o secretário municipal de Ordem Pública, Brenno Carnevale. 

Apesar das restrições, barraqueiros e ambulantes terão autorização para atuar nas praias, desde que abasteçam as mercadorias até a manhã do dia 31. Carnevale informou que haverá fiscalização dos produtos. No entanto, não é permitido aos banhistas colocar cadeiras na areia. 

As linhas de ônibus que iriam para Copacabana só chegarão até Botafogo, a partir das 20h do dia 31 de dezembro, com desvio para as ruas São Clemente, Real Grandeza e Voluntários da Pátria. Desvios também serão feitos nas linhas com destino a Ipanema, assim como para a Barra da Tijuca e Recreio dos Bandeirantes. A prefeitura vai divulgar a lista completa das linhas afetadas no site oficial. 

MetrôRio

Nesta sexta-feira (24), a operação do metrô acontece normalmente, das 5h à meia-noite, com transferência entre as linhas 1 e 2 nas estações do trecho compartilhado (entre Botafogo e Central). Já no sábado de Natal, haverá um esquema de feriado, das 7h às 23h, e com transferência entre as linhas 1 e 2 na estação Estácio.

Para a virada do ano novo, as estações das linhas 1, 2 e 4 vão abrir às 5h e a operação será encerrada para embarque às 20h no dia 31 de dezembro. O esquema segue o que foi definido pelo governos estadual e municipal. 

A transferência entre as linhas 1 e 2 será feita nas estações do trecho compartilhado entre Botafogo e Central nas últimas horas de 2021. Por sua vez, o Metrô na Superfície vai operar das 5h às 19h, quando acontecem os últimos embarques das linhas de ônibus da Gávea, em razão das interdições feitas pela prefeitura em Copacabana.

Já as últimas viagens partindo de Botafogo e Antero de Quental serão realizadas após a chegada dos últimos trens à estação Botafogo.

No sábado (1º) e domingo (2), o metrô funcionará das 7h às 23h. Nesses dois dias, a transferência entre as linhas 1 e 2 será feita na estação Estácio. Já o serviço do Metrô na Superfície vai operar das 7h às 22h30 no primeiro fim de semana de 2022.

*Estagiária do R7, sob supervisão de Ingrid Alfaya

Fonte: R7 – Saúde

Compartilhe este conteúdo!

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.