Florestas plantadas no Brasil ocuparam 9,5 milhões de hectares em 2021
Desemprego cai para 8,9% em trimestre encerrado em agosto, diz IBGE
Em 2040, Brasil poderá ter carência de 235 mil professores, diz estudo
Ministério da Saúde recebe remédios para fase inicial da covid-19
Confiança de serviços subiu 1 ponto em setembro para 101,7 pontos

Príncipe Charles pode pagar mais de cinco milhões de reais em aluguel para príncipe William quando for rei, diz site

Segundo o Daily Mail, o filho da Rainha Elizabeth II já planeja mudanças para quando assumir o trono

Príncipe Charles já está planejando o que fará na realeza britânica quando se tornar rei. De acordo com informações do site Daily Mail, o filho da Rainha Elizabeth II pretende fazer mudanças no gerenciamento das propriedades da família real.

Ele pode, inclusive, ter que pagar um aluguel de 700 mil libras por ano, algo em torno de cinco milhões e 200 mil reais, para o filho, príncipe William. Isso porque é possível que Charles permaneça morando no Highgrove House, propriedade do ducado de Cornualha, que será herdado por William quando o pai for rei. Um amigo de Charles afirmou:

– A questão da propriedade está na lista de coisas a fazer. O ponto central é: quando a Rainha não estiver mais aqui, como você efetivamente espalha duas gerações da família em um grande número de propriedades? O Príncipe de Gales acredita firmemente que esses lugares têm a oferecer algo para o público, além de apenas ser um lugar para membros da família real morarem. Tudo é visto pelas lentes da pergunta: Que valor isso oferece ao público? Todo mundo reconhece que não faz sentido administrar tantas residências, mas se você desistir delas por completo, nunca as terá de volta quando o príncipe George e os jovens da realeza crescerem e precisarem de um lugar para morar.

Além disso, os aposentos do monarca no Palácio de Buckingham, que atualmente incluem 52 quartos reais e de hóspedes e 188 quartos para funcionários, devem ser reduzidos a um apartamento acima da loja. O plano faz parte da intenção de dar acesso público ao espaço durante o ano inteiro. O Palácio está passando por uma reforma de dez anos e 369 milhões de libras, mais de dois bilhões de reais. A fonte ainda continua:

– Apesar do que todos pensam sobre ele não querer morar lá, ele certamente terá acomodação lá – mas será uma situação de apartamento acima da loja muito mais modesta semelhante à do primeiro-ministro em Downing Street. Tanto o príncipe quanto a Duquesa da Cornualha são muito práticos e veem que o monarca reinante deve morar no Palácio de Buckingham, caso contrário, ele se tornaria como Hampton Court.

O informante também disse que príncipe William e Kate Middleton devem morar em Windsor:

– Charles não gosta de Windsor porque é muito barulhento. A opinião dele é que, se está indo para Windsor, é melhor continuar para Highgrove, em Gloucestershire.

Charles pretende manter outra propriedade de sua avó, Birkhall na Escócia, que ele herdou em 2002. Faz parte do Balmoral Estate, a residência preferida da Rainha. Os terrenos e jardins de Balmoral são fechados ao público no verão, quando ela está lá, mas com Charles, o acesso deve ser muito maior.

– A conversa é sobre a abertura de um museu em homenagem à Rainha, disse a fonte.

A seguir, confira teorias da conspiração sobre a família real!

Apesar de ser uma das famílias mais famosas do mundo, a monarquia britânica é repleta de segredos, e isso fez com que, ao longo dos anos, surgissem diversas teorias da conspiração envolvendo seus membros. A mais famosa, chocante e noticiada provavelmente envolve a morte da princesa Diana, ex-esposa de príncipe Charles. O acidente de carro aconteceu em agosto de 1997 e pegou todos de surpresa por não só tirar a vida dela, como também de seu namorado, Dodi Al-Fayed. Na época, Diana estava divorciada de Charles e o carro em que estava sofreu um acidente em um túnel devido a alta velocidade que o motorista Henry Paul atingiu para tentar fugir dos fotógrafos, que assediavam o casal. Que tal conhecer algumas das teorias envolvendo a família?Ainda sobre o acidente, há quem tenha dúvidas em relação ao culpado. A imprensa e investigações logo definiram que os paparazzi incitaram a perseguição de carros que fez com que Henry Paul acelerasse o veículo fatalmente. Porém, na autópsia, surgiram indícios de que o motorista estava sob o efeito do álcool, algo que transferiu a culpa para o motorista, que também morreu no acidente.Algo que levantou suspeitas, indicando que o acidente poderia ter sido forjado, é o fato de o guarda-costas do casal, Trevor Rees-Jones, ser o único sobrevivente do acidente. Na hora do impacto, ele estava usando cinto de segurança, algo que chamou a atenção, já que o cinto não ajudaria ele a se locomover rápido caso fossem necessários seus serviços.Um das acusações mais abertas já feitas em relação a esse assunto aconteceu no funeral de Lady Di. Príncipe Philip, marido de Elizabeth, foi acusado pelo pai de Dodi, Mohamed Al Fayed, de ter planejado o acidente de carro, justamente pelo fato de eles nunca terem gostado de Diana quando ela começou o relacionamento com príncipe Charles.Tem mais! A família real poderia querer a morte de Lady Di, pelo menos é isso o que aponta uma das teorias. Pelo fato de ela eventualmente se casar com Dodi Al-Fayed, um egípcio muçulmano, isso poderia causar problemas para a Rainha Elizabeth II, que veria seus netos, William e Harry, tendo um padrasto de outra religião.Há uma carta escrita a mão por Diana em que ela dizia ao mordomo que seu marido planejava um acidente em seu carro. A carta estava datada três anos antes do fatídico 31 de agosto de 1997.Não há teorias envolvendo apenas a morte de Lady Di. Há quem diga que Rainha Elizabeth II tenha mandado matar a enfermeira que divulgou a notícia do nascimento de príncipe George. Um dia após anunciar para a imprensa que o filho de Kate Middleton e príncipe William havia nascido, ela apareceu morta.Outra teoria gira em torno dos membros mais jovens da realeza: príncipes William e Harry e suas esposas, Kate Middleton e Meghan Markle. Desde o casamento de Harry com a ex-atriz, surgem várias notícias em tabloides dizendo que ela não se dá bem com a cunhada, e que isso teria sido parte do motivo para o afastamento de Meghan e do marido da família real. Por outro lado, alguns especialistas afirmam que o desentendimento não é entre as duquesas, mas entre os próprios irmãos! Será?

Compartilhe este conteúdo!

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.