Drenar-GDF-300x250-GIF
Construção civil de alto padrão acredita no crescimento do mercado em 2023
DA DESISTÊNCIA DA AÇÃO DE MANDADO DE SEGURANÇA A QUALQUER TEMPO, RECENTE DECISÃO DO STJ
GDF cria grupo de trabalho para modernizar sistemas de gestão de saúde
Fachin prorroga prazo para plano de proteção de indígenas isolados
Estudo encontra dez novas espécies de leguminosas

Polícia faz operação contra quadrilha de agiotagem em cinco estados

Policiais civis cumprem hoje (16) 65 mandados de prisão preventiva, além de mandados de busca e apreensão, contra acusados de agiotagem e extorsão no Rio de Janeiro. A operação Ábaco está sendo realizada também em Santa Catarina, Ceará, Minas Gerais e Espírito Santo.

Segundo a Polícia Civil do Rio de Janeiro, esse é o maior grupo criminoso de agiotagem do estado. Até as 7h30 de hoje, 24 pessoas já tinham sido presas.

As investigações, iniciadas há quase um ano, revelaram que a organização criminosa cobrava juros abusivos, que muitas vezes superavam 30% ao mês, além de receber dívidas antigas que já tinham sido pagas.

O grupo ainda praticava extorsão cobrando dívidas relativas a empréstimos que nunca existiram. De posse de dados das vítimas e de parentes delas, a quadrilha também fazia ameaças para provocar medo nas pessoas.

De acordo com a Polícia Civil, a organização criminosa chegou a manter 70 escritórios em várias cidades brasileiras.

Compartilhe este conteúdo!

Facebook
Twitter
WhatsApp
Email

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *