Drenar-GDF-300x250-GIF
Paraíba será o primeiro estado a pagar o piso nacional da enfermagem
Reservatórios do Túnel de Taguatinga estão concretados
Entidades do setor produtivo fazem ressalva a juros altos
Mortalidade prematura por câncer no Brasil deve cair até 2030
Prato Cheio libera mais de R$ 21,2 milhões em parcela de fevereiro

PCDF prende envolvidos em latrocínio em Ceilândia

Na tarde desse domingo (3), a Polícia Civil do DF prendeu temporariamente três pessoas envolvidas no crime de latrocínio ocorrido na manhã do dia 16 de agosto.

O caso aconteceu em frente à agência do Banco do Brasil, localizada na QNN 1, conjunto G, em Ceilândia (DF). As prisões são resultado das medidas judiciais determinadas pela Terceira Vara Criminal de Ceilândia.

A polícia prendeu o atirador e o autor intelectual que planejou a ação. O primeiro foi preso no Gama (DF) e os dois últimos foram presos na BR-060, nas proximidades de Samambaia (DF).

De acordo com as investigações, a vítima trabalhava em uma empresa situada no SIA e era responsável pelo depósito semanal de valores. No dia dos fatos, como de costume, a vítima seguiu com a mochila de dinheiro para a agência do Banco do Brasil da QNN 1 em um veículo, que tinha como motorista outro funcionário da empresa.

Nas proximidades da agência, o funcionário desceu do veículo com a mochila e foi abordado por um dos presos, que lhe desferiu disparos de arma de fogo. Em seguida, o criminoso tentou subtrair a mochila com valores, que a vítima carregava nas costas, mas não conseguiu roubá-la. Ele fugiu em um carro que o esperava mais a frente.

A vítima recebeu quatro disparos de arma de fogo, do tipo pistola e faleceu na tarde do dia 18 de agosto. O veículo foi localizado em um matagal do Sol Nascente (DF) e periciado.

Notou-se que os envolvidos tentaram atear fogo no veículo. Apurou-se, ainda, que o veículo havia sido locado na cidade de Feira de Santana (BA) e era objeto de apropriação indébita.

Durante as investigações, a polícia descobriu que os criminosos estavam preparando um veículo blindado para invadir o Complexo do DPE e resgatar a liderança de uma facção criminosa. A missão foi dada ao criminoso que executou a vítima na frente da agência bancária.

Descoberto o plano, foram tomadas as medidas de caráter preventivo e o preso, que seria arrebatado foi transferido para o Complexo da Papuda.

Os três presos possuem graves antecedentes criminais e envolvimento em outros assaltos. Eles foram recolhidos ao sistema prisional.

Com informações da PCDF

O post PCDF prende envolvidos em latrocínio em Ceilândia apareceu primeiro em Jornal de Brasília.

Compartilhe este conteúdo!

Facebook
Twitter
WhatsApp
Email

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *