Brasil bate Suíça e se classifica para as oitavas da Copa do Catar
Amanhã será ponto facultativo nos órgãos federais sediados em Brasília
Índices de confiança do comércio e serviços caem em novembro
Termina hoje prazo para mesário justificar ausência no segundo turno
IGP-M registra queda de preços de 0,56% em novembro, diz FGV

Para fazer história, Fortaleza pega Atlético-MG na Copa do Brasil

Fortaleza busca chegar a primeira final de Copa do Brasil de sua história

Fortaleza busca chegar a primeira final de Copa do Brasil de sua história LUCAS EMANUEL/PERA PHOTO PRESS/ESTADÃO CONTEÚDO – 13/10/2021

Num futebol brasileiro cada vez mais favorável a clubes com maior investimento, uma equipe foge da curva em todos os sentidos, da administração ao campo: o Fortaleza. Nesta quarta-feira (20), o Leão do Pici faz o jogo mais importante dos seus 103 anos de história. A equipe cearense enfrenta o poderoso Atlético-MG, no Mineirão, às 21h30, pelas semifinais da Copa do Brasil.

Além de semifinalista, o Fortaleza é o terceiro colocado na tabela do Campeonato Brasileiro, com 45 pontos. Dentro de campo, os resultados chamam a atenção, mas não surpreendem.

Desde que voltou à Série A, a equipe melhora a cada ano, traz reforços pontuais e mantém jogadores importantes do plantel. Em 2021, o Fortaleza foi certeiro no mercado e trouxe atletas a custo zero, ou por empréstimo, que estão sendo não só titulares, como fundamentais na temporada atual, como Lucas Crispin, Éderson, Robson, Marcelo Benevenuto e Yago Pikachu.

Somado a isso, o clube, consciente do poder de investimento menor, procurou outras formas de equilibrar a balança com os adversários mais afortunados, e isso se deu, especialmente, na figura do técnico Juan Pablo Vojvoda. O treinador argentino faz um trabalho espetacular no comando do Leão, com um jogo propositivo e que bate de frente com qualquer rival.

Vojvoda ganhou o coração dos torcedores e o respeito dos rivais

Vojvoda ganhou o coração dos torcedores e o respeito dos rivais
PEDRO H. TESCH/AGIF – AGÊNCIA DE FOTOGRAFIA/ESTADÃO CONTEÚDO – 19/09/2021

Só em 2021, o Fortaleza foi campeão invicto do Campeonato Cearense, fato que não ocorria desde 1968. Contra grandes times do futebol brasileiro, o Leão encerrou tabus históricos. Bateu Corinthians e Palmeiras, que não vencia há 16 anos, e o São Paulo, que não derrotava há 47 anos. E venceu também o próprio Galo, fora de casa, o que não acontecia desde 2006.

Veja os números de Vojvoda como treinador do Fortaleza

Jogos: 38
Vitórias: 21
Empates: 9
Derrotas: 8
Gols marcados: 67
Gols sofridos: 38

Realidades distintas

O jogo desta quarta-feira (20) coloca frente a frente duas realidades distintas no futebol. Enquanto o Atlético-MG tem os altos investimentos, o Fortaleza tem inteligência de mercado.

Se o Galo desembolsou mais de R$ 200 milhões em reforços em 2020 e 2021 para trazer Nacho Fernández, Eduardo Vargas, Nathan, Hyoran, Junior Alonso e por aí vai, o Leão do Pici não gastou um centavo sequer trazendo Crispin, Benevenuto, Pikachu, Éderson e Robson.

O valor de mercado de cada jogador não entra em campo, mas mesmo se entrasse, não faria diferença alguma considerando quem está do outro lado. O Fortaleza de Vojvoda já provou diversas vezes nessa temporada que não se deixa intimidar pelo dinheiro dos rivais.

Não dá para saber se o título se tornará uma realidade. Mas o ano do Leão está dentro das expectativas até do mais otimista torcedor. A vaga na Copa Libertadores, fato inédito na história do clube, está cada vez mais perto. Vojvoda e os jogadores já entraram para história do Fortaleza, mas podem escrever mais uma página nesse lindo conto de fadas no jogo de hoje.

Mesa de totó com formato do novo estádio do Atlético-MG é lançada

Fonte: R7 – Esportes

Compartilhe este conteúdo!

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *