Brasília se enche de branco e dourado para anunciar 2023
Cerca de 30% da população estavam em situação de pobreza em 2021
Saúde Após dois anos de covid, um em cada quatro jovens não estuda
Após dois meses de queda, indústria cresce 0,3%, revela IBGE
Bloqueio no orçamento das universidades federais é suspenso

Orgulho. Piauiense patrocinado por empresa de Brasília brilha em maratona de trilha em Ilhabela-SP

O atleta piauiense, Paulo Gomes, conhecido como “Palomi”, foi o destaque no percurso de 42km da prova KTR em Ilhabela, em São Paulo. Competindo com 800 adversários, terminou a prova em 06 horas, 55 minutos e 56 segundos, ficando em 36° lugar na classificação geral. E não foi só isso.

​Um percurso de 42km finalizado em 06 horas, 55 minutos e 56 segundos; 36° lugar na classificação geral, que contou com 800 inscritos; 27° na categoria masculina e em 8° na categoria de faixa etária de 30 a 39 anos masculino. Esses foram os resultados conquistados pelo atleta de trail running, Paulo Gomes, o Palomi, na prova de KTR disputada neste sábado (5), em Ilhabela-SP.

 

Depois de meses de preparação, Palomi chegou para a disputa concentrado. Pouco antes da largada, às 8h, ele fez uma oração e, no disparo inicial, seguiu firme, passo a passo. “Esse foi um percurso bem técnico. A trilha estava bastante úmida e com muita subida, cerca de 2.000 metros.”, relatou Palomi.

​O piauiense de Piracuruca, que mora em Teresina, brilhou em um dos trechos mais difíceis da prova, o Km 33 em Anhembi, marcado por grandes inclinações e obstáculos. “Eu fiz esse trecho em 33 minutos e 4 segundos. Posso dizer que esse foi um dos mais desafiadores na minha trajetória de trail runner”, explicou Palomi.

Questionado se pensou em desistir em algum momento, ele revelou que “para manter o foco”, se concentra na natureza. “Durante a prova, passa muita coisa na cabeça. Mas, a gente vê a paisagem, como essa bela, de Ilhabela, é aí vai longe o pensamento”, se emociona Palomi.

​Aos 29 anos, o competidor é garçom. Descobriu no esporte o ponto de equilíbrio entre a vida agitada do trabalho e uma vida saudável. E foi justamente no serviço que ele conheceu a empresária Claudia Marques, CEO da Qu4tro Comunicação e Assessoria Estratégica, empresa de Comunicação de Brasília. Foi empatia à primeira vista. Durante a conversa, Claudia viu nos olhos e na voz de Palomi a paixão pelo trail running e, também, as dificuldades para se manter em competições. Ela, então, decidiu patrocinar o corredor, apostando em um futuro promissor para o rapaz. “A Quatro Comunicação e Assessoria Estratégica tem muito orgulho de patrocinar um atleta que, a cada competição, tem se superado mais. O Palomi é um orgulho para a nossa agência de comunicação e, atletas como ele, que é garçom, não têm muito tempo para treinar”, ressalta ela.

Palomi e Claudia Marques (CEO da Qu4tro Comunicação e Assessoria Estratégica).

De acordo com a patrocinadora, são atletas como Palomi “que nos fazem acreditar mais no esporte e investir cada vez mais em projetos de responsabilidade social que ajudem o próximo, o ser humano”. A empresária, também apoia competidores de outras modalidades esportivas.

​De olho no futuro, Palomi se prepara agora para uma prova no Piauí, seu Estado natal. “O próximo desafio será no Delta do Parnaíba. Lá, será um desafio em duas etapas: uma de 14km, dia 8 dezembro, e outra, de 50km, no dia 10 de dezembro.”, explica Palomi.

Perguntado se está preparado para a próxima corrida em trilhas, a resposta foi curta e assertiva: “sempre”. Para quem pretende começar a disputar trail running, Palomi deixou um recado: “Quem já pratica ou deseja praticar corridas em trilhas, precisa se preparar muito. Boa alimentação e aquecimento são essenciais. Muitos me perguntam qual é a recompensa de participar de uma prova como essa. A minha resposta é: ter a vista de uma natureza linda.”, conta Palomi.

 

 

ESPORTE

As provas da KTR são famosas por acontecerem em lugares super desafiadores, com trilhas em montanhas e matas, rodeadas de visual que recompensa todo o esforço. Quase sempre acontecem em lugares inóspitos e de difícil acesso e, por isso, tem a característica de ser autossuficiente. Isso significa que os atletas usam equipamentos obrigatórios, como lanterna e cantil de água, que são fundamentais para a segurança.

 

PAULO GOMES (PALOMI)

​Tem 29 anos e trabalha como garçom. Se tornou atleta de Trail Running há três anos e conseguiu terminar o Desafio Ultra das Cachoeiras, em Nova Santo Antônio, interior do Piauí, em 7 horas e 23 minutos, garantindo a 3ª colocação na modalidade de 30 a 39 anos. ​É patrocinado pela Qu4tro Comunicação e Assessoria Estratégica, agência de comunicação especializada em consultoria, planejamento e estratégia de comunicação social plena.

 

Informações: [email protected]

Instagram: 4assessoriaestrategica

Compartilhe este conteúdo!

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *