Drenar-GDF-300x250-GIF
Programa oferece até R$ 21 mil de crédito para empreendedores negros
Governo lança programa para reduzir filas no sistema de saúde
UNE quer construir agenda com reivindicações ao governo federal
Anvisa fará webinar sobre novas regras de reprodução humana assistida
Mercado financeiro eleva projeção da inflação de 5,74% para 5,78%

MP do Rio afirma ter ‘indícios’ de peculato de Carlos Bolsonaro, diz jornal

O Ministério Público do Estado do Rio de Janeiro afirmou ter “indícios suficientes” de que houve desvio de dinheiro público e ação de organização criminosa no gabinete do vereador do Rio Carlos Bolsonaro (Republicanos), um dos filhos do presidente Jair Bolsonaro. A informação foi divulgada nesta quinta-feira, 23, pelo jornal O Globo.

Segundo a publicação, a afirmação consta de pedido de quebra dos sigilos bancário e fiscal do vereador. O documento foi encaminhado à Justiça do Rio meses atrás e atendido em 24 de maio. Segundo o jornal, o MP-RJ apontou que “no presente caso, restam indícios suficientes da prática dos crimes de peculato materializados no esquema das ‘rachadinhas’ e de organização criminosa”. A organização criminosa se caracterizaria pela existência de uma “divisão de tarefas” no gabinete, “caracterizada pela permanência e estabilidade, formada desde 2001 por diversos assessores nomeados pelo parlamentar (Carlos)”.

Ao jornal O Globo a defesa de Carlos não quis se manifestar.

Compartilhe este conteúdo!

Facebook
Twitter
WhatsApp
Email

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *