Feira vai oferecer literatura, teatro e shows a estudantes de São Sebastião
De outubro a março, serão plantadas 100 mil mudas no DF
Atento ao período de chuvas, governo reforça ações de limpeza das cidades
Banco Mundial aumenta para 2,5% previsão do PIB brasileiro este ano
Auxílio Brasil tem cerca de 500 mil beneficiários a mais em outubro

Menos de 1% dos colaboradores da partida entre Flamengo e Barcelona testaram positivo para Covid-19

Lance

Lance Lance

Com 23 mil torcedores, a operação do jogo entre Flamengo e Barcelona (EQU) foi considerada um sucesso pela administração do Maracanã. A mobilização foi grande para evitar aglomerações e dificuldades no acesso ao estádio. Mais de 2 mil pessoas estiveram envolvidas no evento, todas previamente testadas. Só quatro funcionários testaram positivo para Covid-19 e foram substituídas.

– O saldo da operação, que novamente teve início na véspera da partida, foi amplamente positivo, a começar pelo processo de comprovação da vacina e testagem prévia dos torcedores e profissionais, com resultados dos exames enviados diretamente para controle sanitário no estádio, o que contribuiu para evitar aglomerações e longas filas de acesso às dependências do Maracanã – afirma comunicado publicado pela administração do histórico estádio carioca.

Os exames entre funcionários foram conduzidos pela MedLevensohn, que já havia realizado a operação contra o Grêmio. Para o jogo contra o Barcelona, a ação testou cerca de 2.274 pessoas e apenas quatro testaram positivo para presença do vírus no organismo, representando menos de 1% do total.

– A primeira e a segunda operação foram um sucesso em termos de eficiência, rapidez e organização. Conseguimos atender aos pré-requisitos determinados e encontramos um excelente padrão de fluxo operacional – afirmou José Marcos Szuster, CEO da MedLevensohn.

Para esta partida da Libertadores a empresa disponibilizou 18 pontos de coleta no estádio durante três dias e mais um ponto no Centro Médico da Gávea.

Além da testagem dos funcionários, a MedLevensohn, em parceria com a Veus Saúde, ampliou a rede e credenciou 45 de laboratórios e mais de 200 pontos de atendimento no Rio de Janeiro para testagem de torcedores contra a Covid-19. A previsão é de que sejam realizadas mais 19 operações em jogos do Flamengo até o fim do ano.

Com a maior presença do público – contra o Grêmio, há uma semana, foram 6.446 torcedores presentes -, o Maracanã aumentou em 35% o número de profissionais envolvidos na operação. A parceria com a Prefeitura foi novamente celebrada neste segundo evento-teste, considerado “muito importante para o processo de retomada gradativa dos torcedores”. A gestão do estádio ainda reforça que “segue atenta aos ajustes que serão sempre necessários para o aperfeiçoamento de toda e qualquer realização”.

Compartilhe este conteúdo!

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.