Uerj abre inscrições para o vestibular
Venda de veículos tem alta de 19,33% em setembro, diz Fenabrave
Hospital de Ceilândia vai ganhar reforma de R$ 11 milhões
Brasília recebe torneio internacional de tênis a partir desta sexta (7)
Governo reformou e construiu mais de 200 praças no Distrito Federal

Mais forte na decisão da Libertadores. Fla antecipa renovação de Diego Alves, Filipe Luís e Diego 

As renovações antecipadas de Diego, Diego Alves e Filipe Luís dão paz para as disputas de títulos

As renovações antecipadas de Diego, Diego Alves e Filipe Luís dão paz para as disputas de títulos Marcelo Cortês/Flamengo

São Paulo, Brasil

Dois meses antes.

Sem drama, sem confusão, sem guerra fria, sem leilão.

O vice Marcos Braz quer o Flamengo sem clima tenso no final da temporada.

E tratou de acertar a renovação de contrato dos líderes do Flamengo.

Diego Alves, Filipe Luís e Diego Ribas.

O trio já sabe que continuará na Gávea em 2022.

A renovação foi praticamente nas mesmas bases do contrato atual.

Por que a antecipação com jogadores que completarão 37 anos no próximo ano?

Por um simples motivo, na análise da diretoria não há no mercado jogadores tão talentosos. E com profunda identificação com o Flamengo.

E também porque só quatro contratos terminam neste ano. O quarto não será renovado. Bruno Viana, emprestado pelo Braga, não aprovou. E perdeu o pouco espaço que tinha com a chegada de David Luiz.

A permanência do trio, ou ‘trinca’, como ironiza Marcos Braz, vai além do rendimento no gramado. Os dirigentes entendem que os três são responsáveis pelo comportamento competitivo, que busca a hegemonia no Brasil, na América do Sul. 

Diego Ribas, que nem é titular absoluto, cansa de cobrar e ser ouvido pelos companheiros, mesmo estando no banco. Gabigol é um dos que mais de dobram diante das cobranças do meio-campista.

E é muito provável que 2022 seja o último ano de Diego Ribas como jogador. Há uma grande chance que ele se aposente e se prepare para trabalhar como funcionário do Flamengo. Como dirigente ou mesmo como treinador.

A antecipação da confirmação do trio traz tranquilidade e confiança para as semifinais da Copa do Brasil, para a final da Libertadores e para a caça à liderança do Atlético Mineiro no Brasileiro.

A notícia circula desde o final de semana na Gávea.

Foi uma decisão mais do que acertada da direção do Flamengo.

Aliás, a manutenção do time, é um dos segredos do clube.

Do time titular da final da Libertadores de 2019, só Rafinha Pablo Mari e Gerson não estão na equipe principal atual.  Nenhuma equipe de ponta do país mudou tão pouco. E manteve tanta qualidade.

Acertando com o trio, os dirigentes terão mais tempo para tentar resolver a intrincada situação de Arrascaeta, que tem contrato até 2023. Mas exige aumento de salário e quer que o clube compre parte dos seus direitos.

Nada acontece por acaso no Flamengo…

Compartilhe este conteúdo!

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.