Atividade econômica tem alta de 0,69%, em junho
Gastos reais com funcionalismo caem para menor nível desde 2008
Eletrobras tem lucro de R$ 1,4 bilhão no segundo trimestre
Caixa paga Auxílio Brasil a beneficiários com NIS de final 5,
Termina hoje prazo para prefeituras fazerem cadastros no Bem-Taxista

Liga dos Estados Unidos revoltada com Neymar.  Avisa que não é colônia de férias

Neymar confessou estar tentado a se aposentar nos EUA. Por conta dos quatro meses de férias

Neymar confessou estar tentado a se aposentar nos EUA. Por conta dos quatro meses de férias Reprodução/Instagram

São Paulo, Brasil

“Não precisamos trazer um jogador de grande nome no final de sua carreira porque ele decidiu que quer se aposentar da MLS.

“Se eles não vierem aqui para jogar e contribuir de maneira significativa para seus times e nossa liga, e respeitar a liga e seus torcedores, então não os queremos na MLS.”

A resposta foi direta, veemente, absoluta.

E voltada diretamente a Neymar.

O comissário da MSL, a liga de futebol norte-americana, Don Garber, mostrou toda sua indignação diante da postura de Neymar. O brasileiro foi claro em relação à possível aposentadoria.

“Não sei, tenho minhas dúvidas. Tenho muita vontade de jogar nos Estados Unidos, pelo menos uma temporada. No Brasil, às vezes eu quero, às vezes não.

“Porque o campeonato de lá é curto, dá para ficar uns três ou quatro meses de férias. Dá pra jogar muito tempo ainda”, ironizou ao Streamer ‘Fenômenos Podcast’, conduzido pelo ex-atacante Ronaldo, dono do Cruzeiro e do Valladollid.

A declaração de Neymar, enfatizando os quatro meses de férias, causou revolta nos dirigentes da Liga Norte-Americana.

O jogador mais caro do mundo já não entrou em campo cerca de 50% das partidas do PSG, desde que foi contratado por 222 milhões de euros, cerca de R$1,2 bilhão.

Contundido, suspenso, servindo à Seleção, folgas. Neymar só jogou metade das partidas do PSG

Contundido, suspenso, servindo à Seleção, folgas. Neymar só jogou metade das partidas do PSG Reprodução/Instagram

“Queremos que nossa história seja sobre jovens jogadores que chegam aqui em seus primeiros dias ou no auge de suas carreiras e fazem da nossa liga sua escolha”, declarou Garber.

Enquanto o representante da Liga dos Estados Unidos mostrava sua revolta diante da declaração do brasileiro, Neymar aproveitava para passear de Batmóvel, em uma promoção do filme Batman, em Paris.

Neymar não entende porque não é respeitado…

Fonte: R7 – Esportes

Compartilhe este conteúdo!

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.