CLDF debate soluções para superendividamento de servidores junto ao BRB
Câmara Legislativa debate a política de educação inclusiva no DF
TSE capacita influenciadores digitais para ajudar a combater fake news
México passará a exigir visto impresso no passaporte de brasileiros
Indicador antecedente de emprego cai após três altas

Lewis Hamilton e Serena Williams devem investir R$ 120 milhões para compra do Chelsea

Lewis Hamilton e Serena Williams devem entrar como investidores na compra do Chelsea

Lewis Hamilton e Serena Williams devem entrar como investidores na compra do Chelsea
Reprodução/Twitter

Lewis Hamilton e Serena Williams podem ser os próximos donos do Chelsea. Ao lado do empresário britânico Sir Martin Broughton, ex-presidente da companhia aérea British Airways, os dois atletas estão dispostos a investir 10 milhões de euros cada (R$ 60,5 milhões) para adquirir o clube londrino. As informações são da “Sky News”. 

De acordo com as informações, Broughton está em contato com a dupla há algumas semanas. A expectativa é de que o clube seja vendido por 2,5 bilhões de libras (R$ 15 bilhões). Nos Blues, Hamilton, que é torcedor do Arsenal, desempenharia um papel formal para promover diversidade, equidade e inclusão caso o bilionário inglês consiga comprar o Chelsea.

O Raine Group, banco que está supervisionando a venda do Chelsea, pode apresentar seu ofertante preferido ainda nesta semana. Broughton, que está liderando a oferta, é torcedor dos Blues e possui diversos investidores para arrecadar fundos.

Desde março, Roman Abramovich, empresário russo e atual dono do Chelsea, vem sofrendo sanções do Reino Unido por supostas ligações com Vladimir Putin, presidente da Rússia. O país está sendo alvo de boicotes por outras nações devido a guerra na Ucrânia.

Dono do Chelsea, russo Abramovich teria sido envenenado, diz jornal

Fonte: R7 – Esportes

Compartilhe este conteúdo!

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.