Brasília se enche de branco e dourado para anunciar 2023
Cerca de 30% da população estavam em situação de pobreza em 2021
Saúde Após dois anos de covid, um em cada quatro jovens não estuda
Após dois meses de queda, indústria cresce 0,3%, revela IBGE
Bloqueio no orçamento das universidades federais é suspenso

Jogos Escolares Brasileiros são abertos com mais de 5 mil atletas

Imagem: Divulgação

Os Jogos Escolares Brasileiros (JEBs) 2022 foram abertos no Rio de Janeiro. A
cerimônia foi realizada na Arena da Juventude, no Complexo Esportivo de Deodoro,
com as presenças dos ministros da Cidadania, Ronaldo Bento, e da Educação, Victor
Godoy, além de ex-atletas olímpicos brasileiros.

O evento é voltado para atletas de 12 a 14 anos e segue até o dia 14 de novembro,
realizado pela Confederação Brasileira do Desporto Escolar (CBDE) em parceria com a
Secretaria Especial do Esporte do Ministério da Cidadania.

Nesta primeira semana, os estudantes-atletas de ginástica artística, judô, caratê,
taekwondo, xadrez, basquete, futsal e vôlei de praia começam a disputa pelas medalhas.
Esta edição do JEBs reúne 5.646 atletas das 27 unidades da federação. A Secretaria
Especial do Esporte do Ministério da Cidadania estabeleceu um termo de fomento com
a CBDE no valor de R$ 15,9 milhões para garantir as passagens aéreas necessárias.
Os JEB’s reúnem competições de 17 modalidades: badminton, ginástica artística,
ginástica rítmica, xadrez, tênis de mesa, vôlei, basquete, futsal, handebol, judô,
taekwondo, caratê, wrestling, vôlei de praia, atletismo, ciclismo e natação. Também
serão realizadas provas de atletismo paralímpico e demonstradas disputas de surfe, skate
e break dance.

De 1976 a 2004, foram realizadas 18 edições dos JEB’s e, depois de 17 anos, o evento
voltou a ocorrer em 2021 com a participação de 5.114 estudantes-atletas, sendo 2.563
meninas e 2.551 meninos de 12 a 14 anos.

O ministro da Cidadania destacou o a importância dos JEBs para a formação esportiva
brasileira, principalmente para os jovens estudantes, que têm a oportunidade de
desenvolver um contato mais próximo com o esporte.

“É fundamental o esporte como ferramenta de inclusão social, que traz transformação
na vida de crianças e adolescentes. Vai contribuir na formação de cidadãos brasileiros.
É este o nosso propósito. Para além das medalhas que serão conquistadas aqui, é o que o
esporte ensina. Vai deixar de legado nesses meninos e meninas aqui presentes, deixando
o espírito de disciplina, espírito de equipe e superação”, disse Bento.

O ministro da Educação ressaltou que ensino e esporte andam juntos na formação de
estudantes, de maneira complementar, atuando para despertar valores que se somam na
vida de cada um.

“O esporte faz parte da formação do cidadão e nós precisamos fortalecer o ensino e a
prática do ensino do esporte na escola. Precisamos revisar o nosso currículo, colocar
isso com mais força. A realização dos JEBs resgata essa integração da escola com o
esporte e traz valores como liderança, trabalho em equipe, perseverança e superação.
Quando aliados à educação, formam um cidadão mais completo”, disse Victor Godoy.

O canal da CBDE no Youtube  vai transmitir os eventos ao vivo e o acesso do público
aos locais de disputa é gratuito. São três sedes. No Parque Olímpico da Barra, serão
usadas as estruturas das Arenas Cariocas 2 e 3, do Velódromo, do Centro Olímpico de
Tênis e da Via Olímpica. As outras sedes são a Universidade da Força Aérea (Unifa) e a
Arena da Juventude, no Completo Esportivo de Deodoro.

*Fonte: Agência Brasil

Compartilhe este conteúdo!

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *