Atleta patrocinado por empresa de Brasília compete hoje (8) na 4ª edição do Desafio Delta do Parnaíba/Ultra
Petrobras reduz preços da gasolina e do diesel para as distribuidoras
Programa oferece parcelamento para quitar fatura de água em atraso
Saúde abre consulta para incorporar ao SUS vacina pediátrica da Pfizer
Rendimentos do trabalho crescem 2,5% no terceiro trimestre

Gisele Bündchen é criticada após defender modelo antivacina

Ao ver a modelo holandesa ser cancelada na web, a brasileira escreveu: Ódio não é a resposta

Gisele Bündchen se envolveu em polêmica ao defender uma modelo que apoia o movimento antivacina. A holandesa Doutzen Kroes usou as redes sociais para dizer que não iria se vacinar e passou a receber diversas críticas dos internautas. 

Na legenda, ela explicou a decisão de ignorar as recomendações da Organização Mundial da Saúde (OMS):

Embora minhas mãos estejam tremendo ao escrever isso, sinto que é hora de escolher a coragem em vez do conforto e falar minha verdade: Não serei obrigada a tomar a dose. Não serei obrigada a provar minha saúde para participar da sociedade. Não aceitarei a exclusão de pessoas com base em seu estado de saúde. A liberdade de expressão é um direito pelo qual vale a pena lutar, mas só podemos resolver isso unidos na paz e no amor!

Ao ver que a amiga estava sendo cancelada na web, Gisele decidiu se pronunciar e pedir mais amor. 

Eu conheço Doutzen e ela é uma pessoa gentil e amorosa. Eu não posso acreditar no ódio dirigido a ela porque ela expressou seus sentimentos. Me entristece ver todo o julgamento e a falta de empatia no coração de tantas pessoas. O ódio não é a resposta. A única maneira de criar um mundo melhor é por meio da compaixão e da aceitação. Eu convido você a silenciar sua mente e ir fundo para encontrar o amor em seu coração para podermos todos nos unir em paz e criar harmonia em nossas vidas e em nosso mundo. Precisamos disso mais do que nunca.

A seguir, veja os famosos que já foram vacinados!

Maisa Silva anunciou nas suas redes sociais no dia 14 de agosto que foi vacinada contra o novo coronavírus. A apresentadora compartilhou primeiro a notícia no Twitter: Gente, estou quase chorando, vacinei e não doeu nada, escreveu ela. Pouco depois, a jovem de 19 anos de idade deixou seu posicionamento registrado no Instagram, acompanhado de duas fotos dela com o cartão de imunização. Acredito na ciência, no combate à pandemia e respeito os vários profissionais da saúde dedicados a cuidar do nosso país num momento tão difícil, onde temos como inimigos o vírus, o negacionismo, o desemprego, a incerteza, etc. Vacina sim! Nós jovens temos que fazer nossa parte também. Lembre seus amigos e sua família de que os cuidados continuam, mas a vacina é essencial! Juntos, vamos vencer. Fica aqui o meu respeito a todos que perderam seus amados para esse vírus terrível, postou Maisa na legenda. A seguir, confira outras celebridades que também foram imunizadas contra a Covid-19!Eliana recebeu a primeira dose da vacina contra a Covid-19. No dia 30 de junho, a artista explicou que já havia tomado o imunizante: Minha primeira dose. Foi sexta feira e senti um misto de emoções. Chorei por estar viva e pelos que já se foram e não tiveram a mesma oportunidade. Obrigada SUS, a ciência, aos profissionais da saúde e a Deus. Que todos tenham acesso a vacina urgentemente. Sigo na fé por nosso país, escreveu ela.Poliana Abrita, que recebeu o imunizante no dia 30 de junho, falou sobre o momento emocionante: Mônica me olhou nos olhos. E eu olhei nos olhos dela… Tenho tanto a te agradecer, Mônica. E a agradecer a todos que lutam a boa luta como você. Agora sigo mais forte, vacinada! E emocionada, aliviada, agradecida… e carrego um profundo lamento por todos os que se foram nessa pandemia. Se você já tem a chance de tomar a vacina, não desperdice. Por você e por todos!, escreveu. Ela ainda demonstrou ansiedade para receber a segunda dose, que será tomada em um dia bastante especial: A segunda dose vai ser no dia do maior presente que já ganhei nesta vida, no dia aniversário dos meus filhos! É vida! É vida! .Karina Bacchi recebeu o imunizante no dia 29 de junho, mas precisou voltar ao posto de saúde no dia seguinte para se certificar que havia sido vacinada. Isso porque, após publicar o vídeo em que recebia a vacina, diversos internautas apontaram que poderia ter ocorrido uma falha na aplicação. Com dúvidas e bastante angustiada, ela voltou ao local e recebeu todas as informações necessárias, explicando nas redes sociais as diferenças entre as agulhas e o motivo da dúvida, confirmando que tudo ocorreu da forma correta. Meu coração está em paz, escreveu ela após o esclarecimento que repercutiu bastante nas redes sociais.Franciele Grossi, que está amamentando o filho de nove meses de vida, comemorou ter recebido a primeira dose, podendo assim, passar através do leite os anticorpos ao filho: Vacinada, protegida e feliz por poder imunizar meu filho através do leite materno. Alô Lactantes do Rio de Janeiro agora somos prioridades, assim como puérperas e gestantes. Corre vacinar mamãe. Protejam- se!, incentivou.Assim como grande parte dos brasileiros, Tadeu Schmidt estava extremamente ansioso para tomar a primeira dose da vacina. E claro, compartilhou em suas redes sociais no dia 29 de junho o momento após a agulhada no braço e escreveu um longo desabafo: Como eu esperei por este momento! Parecia que nunca ia chegar! E como foi emocionante! Eu fui pro posto crente que ia chegar lá, vacinar, ir embora, como se fosse uma ida ao supermercado… Mas todas as lembranças e emoções deste ano e tanto de pandemia explodiram na minha cabeça de uma vez só! E minha mulher ali comigo, chorando, tentando filmar… Eu entrei numa espécie de transe. No vídeo parece que eu estou ouvindo as instruções, vendo a seringa, agradecendo… Mas a verdade é que eu só estava respondendo “a-ham” no automático, sem absorver nada, sem conseguir me concentrar em nada. Pessoas vieram falar comigo depois e eu nem sei o que respondi. Perguntem como foi a agulhada… Não sei responder! Queria que minhas filhas estivessem comigo, para dividir essa emoção. Aqui em casa, nós levamos MUITO a sério a pandemia, a gente exagera nos cuidados, a gente não quer pegar essa doença de jeito nenhum! E perceber o comecinho do fim desse drama mexe muito com a gente. Minhas filhas não puderam ir mas fui vacinado pela Ananda Madeira, que é pequenininha, superjovem e doce como as minhas filhas. Não sei nada da vida dela, mas esse momento foi tão forte que nunca mais vou me esquecer dela! Fiquei tão atordoado, que já pedi uma foto e fui logo abraçando! Desculpa, Ananda! Mas estávamos bem mascarados e não projetamos aerossóis um no outro. Não vai ter problema. Para concluir esse textão (perdão pelo exagero de palavras), quero deixar claro que divido essa alegria com uma tristeza enorme. Lamento profundamente que tanta gente tenha morrido antes de poder sentir a mesma emoção que eu sinto agora. Quanto sofrimento poderia ter sido evitado… Deixo aqui minha solidariedade. Ainda temos muita luta pela frente. Mas vamos vencer! Viva a vacina! Viva a ciência! Viva o ser humano! Obrigado!!Natuza Nery postou que também tomou a primeira dose no dia 29 de junho e escreveu: Um anjo da guarda chamado Gleide estava lá. Uma guerreira do SUS, sorriso estampado nos olhos (sim, nos olhos! ) e seringa na mão. Só posso agradecer por estar VIVA, por ter conseguido chegar até aqui para receber este escudo no braço. Viva o SUS (que baita orgulho do SUS)! Viva Gleide! Quero ver o meu país vacinadoMarcella Fogaça tomou a primeira dose no dia 29 de junho e também comentou incentivando os seus seguidores a irem receber o imunizante. Uma vacina para três pessoas e a sensação de poder proteger suas filhas através do seu leite. Não tem explicação. Foi tanta emoção que nem foto tirei. Parecia que eu estava sonhando. Além de todas as maravilhas do leite materno, agora essa imunidade perante esse vírus que nos assombra há mais de 1 ano!
Ele que levou tanta gente embora, que me prende em casa, que me isola de amigos e familiares nesse momento pleno e único, que me faz querer chorar quando tenho que sair com minhas pequenas de casa. Elas não podem usar máscara. Elas nasceram prematuras.. elas são completamente inocentes. E agora, elas estarão protegidas. Sim! Pq estudos dizem isso e meu coração de mãe tbm! Lactantes pela vacina! Sem limite de idade!

Compartilhe este conteúdo!

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *