Drenar-GDF-300x250-GIF
Construção civil de alto padrão acredita no crescimento do mercado em 2023
DA DESISTÊNCIA DA AÇÃO DE MANDADO DE SEGURANÇA A QUALQUER TEMPO, RECENTE DECISÃO DO STJ
GDF cria grupo de trabalho para modernizar sistemas de gestão de saúde
Fachin prorroga prazo para plano de proteção de indígenas isolados
Estudo encontra dez novas espécies de leguminosas

‘Estou dando socos no ar mais vezes que o normal’, diz Pelé

Pelé postou foto ao lado da equipe médica e da mulher, Márcia Aoki

Pelé postou foto ao lado da equipe médica e da mulher, Márcia Aoki Reprodução/Instagram/@pele

Pelé está dando socos no ar. Não como quando comemorava os seus gols, como ele próprio lembrou, mas com igual felicidade. Um mês após a internação, o Rei do Futebol recebeu alta hospitalar nesta quinta-feira (30) e fez questão de celebrar nas redes sociais.

Pelé, que foi internado inicialmente para fazer exames de rotina e depois precisou se recuperar de uma retirada de tumor no intestino, agradeceu o apoio dos fãs nas milhares de mensagens que recebeu. Ele posou para fotos ao lado da equipe médica e da mulher, Márcia Aoki, que também ajudou na recuperação.

“Quando o caminho é difícil, comemore cada passo da jornada. Concentre-se na sua felicidade. É verdade que eu não posso mais pular, mas nestes últimos dias, eu tenho dado socos no ar mais vezes que o normal. Estou muito feliz de estar de volta a minha casa”, escreveu Pelé.

Filha mais velha de Pelé, Kely Nascimento precisou voltar para os Estados Unidos, onde mora, na última quarta. Assim como Márcia, Kely também esteve atenta às necessidades pessoais do ex-jogador de futebol.

De acordo com o boletim médico do Hospital Albert Einstein, Pelé seguirá em tratamento de quimioterapia. Ele teve retirado um tumor do cólon direito, na região do intestino. O material foi encaminhado para biópsia, mas o resultado ainda não foi divulgado.

Em 23 de outubro, Pelé completará 81 anos. O ex-jogador voltou para a sua casa no Guarujá, na Baixada Santista.

Pelé convive com rotina de internações nos últimos anos

Compartilhe este conteúdo!

Facebook
Twitter
WhatsApp
Email

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *