Brasília se enche de branco e dourado para anunciar 2023
Cerca de 30% da população estavam em situação de pobreza em 2021
Saúde Após dois anos de covid, um em cada quatro jovens não estuda
Após dois meses de queda, indústria cresce 0,3%, revela IBGE
Bloqueio no orçamento das universidades federais é suspenso

Empresário diz que contratou até coach para preparar joia do Palmeiras

Lance

Lance Lance

Em entrevista na tarde desta sexta-feira (28) à Rádio Bandeirantes, Wagner Ribeiro, empresário contratado pela família do atacante Endrick, de 15 anos, maior joia da base do Palmeiras, explicou o que tem sido feito nos bastidores para controlar a ansiedade do garoto em poder atuar pelos profissionais do time alviverde.

Segundo Ribeiro, como parte do trabalho de preparação de Endrick, uma coach mental foi integrada ao estafe e vem atuando junto de seus familiares para auxiliar nas coisas fora de campo.

– Estou aproximando o Endrick e a sua família de uma coach mental, a Amanda Ciaramicoli, porque ele realmente precisa dessa ajuda fora de campo. Ele quer jogar bola, quem manda é o Palmeiras, quem vai decidir é o Palmeiras, é a comissão técnica do Palmeiras, e eu vou fazer o possível para que ele possa ficar feliz.

A expectativa em torno de Endrick é grande, para dizer o mínimo. O adolescente, eleito o melhor jogador da inédita conquista da Copa São Paulo de juniores pelo Verdão, vive a expectativa de jogar pelo profissional a partir de julho, quando completará 16 anos e poderá enfim assinar um contrato profissional, ficando liberado para atuar nas competições domésticas.

A Conmebol informou o Palmeiras que só pode jogar a Copa Libertadores atletas que estejam liberados pelas federações nacionais filiadas. A Fifa liberou Endrick para atuar no Mundial de Clubes, em fevereiro, mas o técnico Abel Ferreira recomendou que o garoto ‘viaje para a Disneylândia’ ao invés dos Emirados Árabes Unidos.

Ribeiro, claro, discorda das afirmações do técnico. Mas por enquanto diz que sua opinião é a de um observador, já que não tem vínculo contratual com Endrick e sua família. Situação temporária, aponta o empresário, que tem confiança em ter o atacante na sua cartela de clientes.

– Eu não sou nada, sou apenas um torcedor, gosto do menino, ele logo vai estar trabalhando conosco, quando fizer 16 anos, estamos ajudando ele e a família, e em julho vocês vão saber as grandes coisas desse menino, por exemplo, ele vai ter um dos contratos mais valiosos do futebol mundial.

O contrato de Endrick deverá ser muito valioso. Conforme o LANCE! revelou, o plano do Verdão é estabelecer uma multa rescisória superior a 100 milhões de euros (cerca de R$ 601 mi). Para isso, a negociação deverá girar em torno do porcentual dos direitos federativos do garoto que o Palmeiras cederá à família e ao estafe. No geral, essa margem fica em 15%, segundo o clube.

Destaque na Europa, onde seus gols na Copinha foram exibidos à exaustão, Endrick já teria na mesa uma sinalização de proposta do Barcelona de 45 milhões de euros (cerca de R$ 270,4 mi). O valor seria pago ao time alviverde em duas prestações. A primeira no ato de assinatura do contratio profissional e a outra quando a joia completasse 18 anos e pudesse se transferir para a Espanha. O objetivo do clube catalão é sair na frente da concorrência, que promete ser grande pelo jovem.

TABELA
> Veja classificação e simulador do Paulistão-2022 clicando aqui

> Confira o caminho do Verdão no Mundial de Clubes-2022 clicando aqui

> Conheça o aplicativo de resultados do LANCE!

GALERIA
> Confira a pré-lista de inscritos do Palmeiras para o Mundial de Clubes

Fonte: R7 – Esportes

Compartilhe este conteúdo!

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *