Drenar-GDF-300x250-GIF
Programa oferece até R$ 21 mil de crédito para empreendedores negros
Governo lança programa para reduzir filas no sistema de saúde
UNE quer construir agenda com reivindicações ao governo federal
Anvisa fará webinar sobre novas regras de reprodução humana assistida
Mercado financeiro eleva projeção da inflação de 5,74% para 5,78%

Em jogo aberto, Venezuela vira contra Equador e volta a vencer

Venezuela e Equador jogaram neste domingo (10), em Caracas

Venezuela e Equador jogaram neste domingo (10), em Caracas Federico Parra/AFP

A Venezuela quebrou uma série de quatro derrotas consecutivas nas Eliminatórias da Copa do Mundo de 2022 ao derrotar o Equador por 2 a 1, neste domingo (10), no estádio Metropolitano de La UCV, em Caracas, pela quinta rodada, adiada por conta da pandemia causada pela covid-19. Em campo, o time mandante foi superior durante os 90 minutos, saiu atrás do placar, mas conseguiu a virada em um jogo totalmente aberto.

Apesar da vitória, a Venezuela continua na lanterna com sete pontos, mas podendo começar a sonhar em brigar por uma vaga na repescagem. O Equador, por sua vez, perdeu a oportunidade de se aproximar dos líderes e ficou com 16, ainda dentro do G4.

Após fazer um jogo de igual para igual com a seleção brasileira, na última quinta-feira, a Venezuela resolveu dar uma dor de cabeça ao Equador. O time mandante teve a posse de bola e criou as principais oportunidades do primeiro tempo. No entanto, foi a equipe visitante quem abriu o marcador. José Martínez derrubou Plata dentro da área: pênalti. Valencia foi para a cobrança e fez 1 a 0.

Mas a Venezuela não se entregou, subiu a sua marcação e chegou ao gol do empate aos 45 minutos. Hernández acionou Bello pela direita. O meia cruzou rasteiro e achou Marchís, que só teve o trabalho de empurrar para o gol. O jogo ganhou em emoção nos minutos finais e o Equador por muito pouco não terminou em vantagem. Caicedo recebeu de Félix Torres e chegou a marcar, mas o impedimento foi marcado e o lance acabou anulado.

O segundo tempo começou com a Venezuela pressionando o Equador. O time mandante fez o gol da virada aos 18 minutos. Bello cobrou falta e contou com uma falha do goleiro Ramírez para fazer 2 a 1. O Equador teve a chance de empatar com Mena. Ele saiu na frente de Fariñez, mas viu o goleiro crescer e salvar com uma bela defesa.

E a partida foi franca até o fim, com ambas as equipes buscando o ataque. A Venezuela, apesar de estar em vantagem, não se fechou e ainda mandou uma no travessão com Eric Ramírez. Do outro lado, Arboleda também carimbou o “poste” com uma bela cabeçada.

Nos minutos finais, a Venezuela recuou a marcação e começou a administrar a vantagem. O Equador encontrou dificuldade em passar pelo bloqueio adversário e não conseguiu evitar a derrota deste domingo.

Na próxima rodada, a 12ª, o Equador enfrenta fora de casa a Colômbia nesta quinta-feira, às 18 horas (de Brasília), no estádio Metropolitano Roberto Menéndez, em Barranquilla. No mesmo dia, às 21 horas, a Venezuela visita o Chile no estádio San Carlos de Apoquindo, em Santiago.

Futebol e os Tios Patinhas: Conheça bilionários que são donos de clube

Fonte: R7 – Esportes

Compartilhe este conteúdo!

Facebook
Twitter
WhatsApp
Email

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *