Atividade econômica tem alta de 0,69%, em junho
Gastos reais com funcionalismo caem para menor nível desde 2008
Eletrobras tem lucro de R$ 1,4 bilhão no segundo trimestre
Caixa paga Auxílio Brasil a beneficiários com NIS de final 5,
Termina hoje prazo para prefeituras fazerem cadastros no Bem-Taxista

Dois jogadores de futebol morrem em campo no período natalino

Atletas perderam as vidas dentro de campo na reta final de 2021

Atletas perderam as vidas dentro de campo na reta final de 2021 Lance

A segurança em campo nunca deixa de ser pauta por causa dos recorrentes traumas e acidentes que podem acontecer durante uma partida de futebol e isso não é diferente nem no período de festas. Nos últimos três dias, dois jogadores morreram em campo, um no Oriente Médio e outro na África.

Na quinta-feira (23), o zagueiro Mukhaled Al-Raqadi, do Muscat FC, time de Omã, no Oriente Médio, morreu após passar mal ainda no aquecimento da partida pelo campeonato local. O atleta tinha 29 anos e não resistiu mesmo tendo sido levado rapidamente ao hospital.

O jogador defendia a seleção de Omã. O Muscat FC, clube do jogador, se manifestou com nota de pesar e prestou solidariedade à familia do atleta.

“Com fé no coração e aceitando a vontade de Deus, a diretoria do Muscat FC e todos os seus afiliados desejam suas sinceras condolências à família de Al-Raqadi. Pedimos a Deus que tenha misericórdia. A Deus pertencemos e a Deus voltaremos”, publicou o clube nas redes.

Neste sábado, dia de Natal, morreu na Argélia, na África, o jogador Sofiane Loukar, de 30 anos, do MC Saida, time da segunda divisão daquele país. Segundo informações do ‘el Khabar’, da imprensa local, o atleta sofreu um choque na cabeça em jogo contra o ASM Oran em disputa de bola com um adversário.

Após o choque, o jogador ainda voltou para a partida e acabou desmaiando em campo 10 minutos depois. Ainda segundo a imprensa local, o presidente da liga, Ali Malek, ofereceu assistência para a família de Loukar, que, segundo seu prontuário, não apresentava anormalidades para a prática do futebol de alto nível.

Com fortuna de R$ 115 bi, jogador mais rico do mundo está sem clube

Fonte: R7 – Esportes

Compartilhe este conteúdo!

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.