Brasília se enche de branco e dourado para anunciar 2023
Cerca de 30% da população estavam em situação de pobreza em 2021
Saúde Após dois anos de covid, um em cada quatro jovens não estuda
Após dois meses de queda, indústria cresce 0,3%, revela IBGE
Bloqueio no orçamento das universidades federais é suspenso

Cerca de 60 milhões de brasileiros já têm carteira digital de trânsito

Cerca de 60 milhões de brasileiros já têm carteira digital de trânsito
Imagem: Divulgação

A carteira digital de trânsito (CDT) já é utilizada por cerca de 60 milhões de motoristas
brasileiros. A informação foi divulgada pelo secretário nacional de Trânsito do
Ministério da Infraestrutura, Frederico Carneiro, em entrevista ao programa A Voz do
Brasil.

O número representa cerca de 77% dos mais de 78 milhões de condutores habilitados
em todo o país. O aplicativo, do governo federal, permite que o motorista tenha, em seu
celular, cópias digitais da carteira nacional de habilitação (CNH) e o certificado de
licenciamento e registro de veículo (CLRV, o documento do veículo).

“É um serviço que traz muitas facilidades, muitos benefícios. Você pode ter sua carteira
de habilitação e o documento do veículo em meio digital, além de poder gerenciar
eventuais infrações que tenha cometido. Nós temos um sistema de notificação eletrônica
que permite que todas as autuações sejam encaminhadas pelo aplicativo, possibilitando
que o infrator possa pagar as multas com desconto de 40%”, explicou.

Segundo Carneiro, ao permitir a autuação digital, o aplicativo também garante
economia para os órgãos de trânsito, que não precisam pagar pelo envio, por remessa
postal, da autuação.

A CDT sofreu uma reformulação e, segundo o secretário, a partir de hoje, passa a
permitir a adesão ao Registro Nacional Positivo de Condutores (RNPC), também
conhecido como cadastro positivo de condutores.

O cadastro permite que empresas privadas e órgãos públicos ofereçam benefícios e
vantagens aos motoristas, como reduções em taxas de serviços públicos e privados,
condições diferenciadas para locação de veículos e contratação de seguros, descontos
em pedágios e em estacionamento e oferta de cashback.

“O cadastro positivo vem com uma nova proposta de educação para o trânsito. Em vez
de apenas multar e aplicar penalidades para o condutor infrator, a gente traz uma
proposta de incentivos, também preocupados com a segurança”, disse o secretário.

*Fonte: Agência Brasil

Compartilhe este conteúdo!

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *