Estudo mostra descumprimento da Lei de Cotas em empresas paulistas
Anvisa autoriza estudo para nova vacina contra a covid-19
Balança comercial registra superávit de US$ 3,99 bi em setembro
Câmara dos Deputados terá quatro parlamentares indígenas
Pfizer apresenta pedido de vacina mais forte contra variante Ômicron

Bustos valoriza rival em empate do Santos no Chile, pela Sul-Americana

Lance

Lance Lance

Na noite desta quinta-feira, o Peixe empatou em 1 a 1 contra a Unión La Calera, jogo realizado no Chile pela Copa Sul-Americana. Com o resultado, o Santos estacionou na terceira posição de seu grupo, com 4 pontos.

No final do confronto, o técnico Fabián Bustos comentou sobre o duelo. O Peixe chegou abrir o placar, no começo do jogo, em belo gol de Angulo, mas a equipe sofreu o empate ainda no primeiro tempo e depois viu os donos da casa dominarem boa parte do restante do jogo.

– Começamos bem, mas levamos um gol por erro nosso. La Calera igualou a partida, deixamos de jogar, tivemos chances quando estávamos ganhando, situações claras. No segundo tempo, domínio dos mandantes, porém eu só me recordo de uma situação clara de gol. Não tivemos um bom jogo em finalização. Temos que valorizar o rival, equipe líder do grupo. Agora vamos fazer dois jogos em casa e um fora. Queríamos os três pontos, mas não fizemos uma boa partida ofensiva – disse Bustos.

Na próxima quinta-feira o Peixe voltará a campo pela Copa Sul-Americana para enfrentar a Universidad Católica, no Equador. Antes disso, o time fará na segunda-feira o clássico contra o São Paulo, no Morumbi, pelo Campeonato Brasileiro.

Na competição continental, a La Calera lidera a chave, com cinco pontos. Depois vem a Universidad Católica, com quatro, empatada com o Santos mas com vantagem por ter um gol de saldo. O Banfield, da Argentina, soma três pontos. Bustou avaliou a situação do Santos na competição.

– É um grupo muito parelho. O La Calera fez dois jogos dentro de casa e um fora, o Católica fez dois em casa e um fora e o Banfield dois fora. O grupo está parelho, mas temos a chance de fazer pontos em casa. Está muito aberto. Para o Santos é importante todas as competições. Temos a obrigação de pensar em todas. Está muito aberto e complicado – falou o treinador.

Fonte: R7 – Esportes

Compartilhe este conteúdo!

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.