Preparem sua torcida! Vem aí a segunda edição da Copa Lotus
Comissão aprova texto preliminar do Orçamento de 2023
Câmara aprova projeto que regulamenta criptomoeda
FGV: Indicador de Incerteza da Economia varia 0,1 ponto
Governo trabalha em novos bairros e na regularização de 24 mil imóveis

Briga entre torcidas faz PM esvaziar arquibancada no Estádio Nacional

Briga entre torcidas de Brasiliense e Gama

Briga entre torcidas de Brasiliense e Gama
Reprodução/TV Câmara Distrital

O Estádio Nacional Mané Garrincha foi palco de cenas de confronto entre torcidas de Brasiliense e Gama na noite desta quarta-feira (26). O jogo, válido pelo Campeonato Candango, precisou ser paralisado por conta de brigas diversas na arquibancada.

No intervalo, quando o Gama vencia por 2 x 1, as primeiras confusões foram registradas e contidas pela Polícia Militar. Porém, uma briga generalizada aos 36 minutos do segundo tempo precisou de uma intervenção maior.

O vídeo da transmissão da TV Câmara Distrital mostra o momento da paralisação do jogo. Torcedores do Brasiliense e do Gama aparecem rompendo barreiras de proteção entre as torcidas, trocando socos, pontapés e arremessando objetos. Alguns torcedores, acompanhados de crianças e em família, precisaram entrar em campo para se proteger. 

A PM utilizou gás de pimenta para conter os envolvidos e retirou o público do estádio para que a partida fosse retomada. A corporação divulgou que “o Batalhão de Choque precisou agir rapidamente para que a situação não evoluísse, garantindo a integridade física dos torcedores”, e detalhou que “as duas torcidas foram retiradas do estádio e escoltadas separadamente”.

Enquanto a torcida do Brasiliense foi escoltada para Ceilândia, a do Gama foi acompanhada até a Rodoviária de Brasília. “O jogo prosseguiu com segurança e não houve detidos”, segundo a PM.

 

Bombas de efeito moral foram utilizadas para conter tumulto

Bombas de efeito moral foram utilizadas para conter tumulto Reprodução/TV Brasiliense
Arena BSB

 

Em campo, acontecia o clássico número 70 entre as equipes no estádio, agora batizado de Arena BSB Mané Garrincha. O jogo retornou após a retirada da torcida e terminou em 3 x 2 para o Gama. 

Em nota, a Arena BSB informou que “lamenta profundamente o comportamento de uma minoria que ocasionou cenas deploráveis de violência no Estádio Nacional”. “A Arena BSB informa que vai acelerar a implantação do sistema de reconhecimento facial para, em convênio com as autoridades da Segurança Pública, coibir a violência no estádio e banir os responsáveis.”

Fonte: R7 – Brasília

Compartilhe este conteúdo!

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *