Feira vai oferecer literatura, teatro e shows a estudantes de São Sebastião
De outubro a março, serão plantadas 100 mil mudas no DF
Atento ao período de chuvas, governo reforça ações de limpeza das cidades
Banco Mundial aumenta para 2,5% previsão do PIB brasileiro este ano
Auxílio Brasil tem cerca de 500 mil beneficiários a mais em outubro

Brasil chega à marca de 300 milhões de doses distribuídas

A vacina da AstraZeneca e a CoronaVac são as mais aplicadas no país, respectivamente

A vacina da AstraZeneca e a CoronaVac são as mais aplicadas no país, respectivamente Evaristo Sá/AFP – 13.9.2021

O Brasil atingiu, nesta sexta-feira (1º), a marca de 300 milhões de doses de vacinas anti-Covid distribuídas para a população por meio do PNI (Programa Nacional de Imunizações), segundo o Ministério da Saúde.

Desse total, de acordo com os dados disponíveis no Localiza SUS, 43,2% são do imunizante da AstraZeneca, produzido pela Fiocruz (Fundação Oswaldo Cruz), no Rio de Janeiro; 32,3% são CoronaVac, vacina produzida pelo Instituto Butantan, em São Paulo; 22,4% da Pfizer e 2% da Janssen, ambas importadas prontas.

O Vacinômetro do R7 mostra que mais de 146 milhões de pessoas receberam a primeira dose da vacina contra a Covid-19 no país, o que corresponde a 69,4% da população, sendo que mais de 92,4 milhões já tomaram a segunda dose ou uma vacina de dose única e estão completamente imunizados.

O Brasil finalizou setembro com 55% da população brasileira com esquema vacinal contra a Covid-19 completo. No entanto, o Ministério da Saúde revelou, nesta sexta-feira, que 17,2 milhões de brasileiros que já deveriam ter recebido a segunda dose dos imunizantes ainda não retornaram aos postos de vacinação.

Acompanhe o Vacinômetro em tempo real:

Compartilhe este conteúdo!

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.