CLDF debate soluções para superendividamento de servidores junto ao BRB
Câmara Legislativa debate a política de educação inclusiva no DF
TSE capacita influenciadores digitais para ajudar a combater fake news
México passará a exigir visto impresso no passaporte de brasileiros
Indicador antecedente de emprego cai após três altas

Atlético-MG quer vender outra parte do seu shopping para quitar dívidas

Lance

Lance Lance

Com alto endividamento, na casa de R$ 1,3 bilhão, o Atlético-MG busca alternativas para equacionar os débitos. E uma das soluções de curto prazo pensada pelo alvinegro é vender por cerca de R$ 350 milhões 49,9 % do shopping Diamond Mall o ainda pertecem ao clube no empreendimento.

O Diamond é um espaço valorizado, por estar em uma área nobre da capital mineira, no bairro de Lourdes. Ele foi construído em 1996 no local do antigo estádio Antônio Carlos, onde o galo mandou seus jogos entre as décadas de 1920 a 1950.

Após 30 anos em 2016, o empreendimento se tornou somente do clube. Mas, em 2017, o Atlético aprovou a venda de 50,1% do Diamond custear a construção da Arena MRV, gerando R$ 290 milhões, pagos pela Multiplan, dona da marca Diamond Mall.

A venda do restante do shopping foi assunto no conselho deliberativo do clube na reuniao que aprovou o orçamento para 2022 e prevê faturamento de cerca de R$ 821 milhões, com a venda do shopping. No documento que circulou entre os membros do Conselho alvinegro, há possibilidade de negociar o centro comercial por R$ 350 milhões e usar o dinheiro para pagar parte das dívidas, ou mesmo negociar abatimento nos juros.

Fonte: R7 – Esportes

Compartilhe este conteúdo!

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.