Fies: pré-selecionados devem enviar informações até esta sexta-feira
Pesquisa aponta redução de 404 mil trabalhadores no comércio em 2020
Pesquisa delineia possibilidades para um segundo turno no DF
Caso seja reeleito, Ibaneis pretende manter modelo do Iges-DF
Movimentação de cargas cresce 2,3% no trimestre no Porto de Santos

Adversário definido! Fluminense encara o Millonarios na segunda fase da Libertadores

Lance

Lance Lance

O Fluminense conheceu, na noite desta quarta-feira, o adversário da segunda fase da Libertadores. Com a vitória de virada do Deportivo Cali por 2 a 1 sobre o Tolima na final do campeonato colombiano, será o Millonarios quem vai encarar o Tricolor na disputa pela tão sonhada vaga na fase de grupos. E vem por aí um grande desafio: a altitude.

O primeiro confronto acontecerá em 22 de fevereiro, no Estádio Nemesio Camacho, o El Campín, em Bogotá, na Colômbia. Já a volta está marcada para 1º de março, em São Januário, que ainda não está 100% garantido apesar da divulgação da Conmebol. Os dois duelos serão em uma terça-feira, às 21h30.

Caso avance, o jogo seguinte do Flu na competição será diante de Atlético Nacional (COL), Cesar Vallejo (PER) ou Olimpia (PAR), já para garantir a vaga na fase de grupos.

Esse resultado preocupa o Fluminense, que terá pela frente algo que tenta fugir: a altitude. A equipe de Bogotá joga no Estádio Nemesio Camacho, conhecido como El Campín, que fica a 2.552m acima do nível do mar. O Deportivo Cali, por exemplo, joga em um estádio que possui 1.018m de altitude, similar a São Paulo.

O Millonarios ficou em terceiro e segundo no Apertura e no Clausura, respectivamente, enquanto o Deportivo Cali terminou em quarto e sétimo. No quadrangular, o Cali liderou o Grupo A (que tinha Junior Barranquilla e Atletico Nacional), enquanto o Millonarios ficou em segundo no Grupo B. O Deportivo, inclusive, tem Guillermo de Amores, goleiro uruguaio que passou pelo Flu, não jogou e gerou uma dívida na Fifa paga recentemente pelo clube.

Além do sonho esportivo de disputar a Libertadores, o Fluminense está de olho também no dinheiro que essa vaga vai trazer para o clube. Houve um aumento na premiação para os campeões, mas as cifras são altas e podem chegar a R$ 24,6 milhões caso o Tricolor levante a taça. Se for vice, esse número fica em R$ 14,6 milhões.

O Fluminense volta à Libertadores pelo segundo ano seguido e a oitava vez na história. Neste ano, a equipe terminou como líder em um grupo que tinha River Plate (ARG), Junior Barranquilla (COL) e Independiente Santa Fe (COL). Nas oitavas, deixou o Cerro Porteño (PAR) para trás, mas caiu nas quartas para o Barcelona de Guayaquil (EQU) com um empate por 2 a 2 no Rio de Janeiro e outro por 1 a 1 no Equador.

Fonte: R7 – Esportes

Compartilhe este conteúdo!

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Últimas Notícias:

vacina