Petrobras: preço do querosene de aviação cai 0,84% a partir de sábado
Drones ajudarão na fiscalização contra crimes eleitorais no DF
Taxa média de juros cai em agosto, mas segue tendência de alta
Dia Mundial do Coração
Distrito Federal suspende aulas na próxima sexta-feira

Administração do Maracanã exalta operação de Flamengo x Grêmio

Lance

Lance Lance

A aprovação do jogo entre Flamengo e Grêmio como evento-teste para a volta da torcida ao Maracanã não foi apenas das autoridades e dos torcedores. O administração do estádio também fez um balanço positivo da operação da partida, destacando que não houve aglomerações na chegada e acesso dos 6.446 rubro-negros. Contudo, destacou que ajustes sempre são necessários.

– Essa reabertura com público só foi possível por conta de um planejamento que durou meses, envolveu uma grande operação com 1.700 profissionais (média de um funcionário para cada quatro torcedores) e pela parceria com a Prefeitura do Rio. (…) O saldo da operação, iniciada na véspera da partida, foi positivo, a começar pelo processo de comprovação da vacina e testagem prévia de torcedores e profissionais – diz trecho da nota publicada pelo Maracanã.

Com a decisão do STJD de derrubar a liminar que permitia o Flamengo atuar com público no Brasileirão – a qual foi dada pelo próprio Tribunal – a partida contra o Grêmio, no domingo, não terá público. Assim, o próximo evento-teste será diante do Barcelona (EQU), nas semis da Libertadores, na quarta, dia 22.

O jogo será novamente no Maracanã e será de 35 mil lugares estão liberados pela Prefeitura. As vendas serão iniciadas ainda nesta quinta-feira pelo clube.

Confira abaixo, na íntegra, a nota publicada pela administração do Maracanã:

“Maracanã apresenta balanço da partida entre Flamengo e Grêmio

Após 91 partidas e um total de 554 dias sem a presença de público, o Maracanã recebeu na noite da última quarta-feira (15/09) mais de seis mil torcedores no jogo entre Flamengo e Grêmio. Essa reabertura com público só foi possível por conta de um planejamento que durou meses, envolveu uma grande operação com 1.700 profissionais (média de um funcionário para cada quatro torcedores) e pela parceria com a Prefeitura do Rio. A partida de ontem registrou um marco importante no cenário que vive o Brasil desde o início da pandemia da Covid-19.

O saldo da operação, que iniciou na véspera da partida, foi positivo, a começar pelo processo de comprovação da vacina e testagem prévia dos torcedores e profissionais. Os resultados dos exames foram enviados diretamente para controle sanitário no estádio num sistema automático, o que contribuiu para evitar aglomerações e longas filas de acesso às dependências do Maracanã. Portanto, na noite de reabertura do estádio com público, não houve registro de dificuldade na entrada, de retenções nos acessos internos e nem mesmo de reclamações por parte dos torcedores.

O Maracanã utilizou todo o seu potencial de ocupação – mesmo com um público reduzido – para testar o funcionamento da vida ativa do estádio. E, equipamentos que não eram utilizados há algum tempo, como banheiros, bares, escadas rolantes, e também a iluminação interna, funcionaram muito bem. Mas, a gestão do estádio entende que ajustes são sempre necessários para o aperfeiçoamento de toda e qualquer realização, mesmo em um balanço positivo, e comemorado com sucesso, como foi o de ontem.”

Compartilhe este conteúdo!

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.